quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014




Não gosto quando leio: "A água nunca discute com seus obstáculos, mas os contorna.". De qual água é esta que falam? A água tem uma força enorme, e muitas vezes não tem a força da paciência que querem atribuir a ela, ela tem a força de seguir o seu caminho, derrubando o que lhe impede disto. Ela tem a força de quem não admite que lhe invadam o seu território. Na vida, muitas vezes, não dá para ficar contornando obstáculos, sim, alguns vezes é preciso, é prudente, é o mais sensato, mas a vida nos exige muitas vezes é que a gente seja feito a água, saiba o caminho a seguir e vá lá e enfrente e derrube os obstáculos. A vida nos exige que a gente seja feito a água, forte e persistente. Se der para contornar, ótimo, contorna, se não der derruba e segue. Não estou aqui falando em trapacear ninguém, mas de saber o que se quer, e tirar do caminho os obstáculos, e os obstáculos, muitas vezes, é a gente mesmo, com nossos medos, inseguranças, crenças. Seja feito a água, decidida, forte, persistente. E segue.




7 comentários:

brisonmattos disse...

já eu odeio discussão. Cada um que tome o rumo que quiser. Nunca serei impecilho pra ninguém.Cada um que supere seus medos porque acho que já superei os meus...E sigamos semore em frente com a graça de Deus.

Cidália Ferreira disse...

Boa noite
Super fantástico, este texto.

Beijos

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

myra disse...

estas linhas sao uma grande verdade...mas e mto dificil seguir...
muitos beijos querida Paula!

Blue disse...

Com fogo e água não se brinca, dizia sempre minha mãe.

Beijo

Existe Sempre Um Lugar disse...

Olá, Paula!
ultrapassar obstáculos e concretizar os objetivos é necessário, para os conseguir devemos percorrer o longo caminho até alcançar o desejado, quase sempre o caminho mais curto e a pressa é causador do fracasso.
Receba um Abraço sem pressa.
ag

Existe Sempre Um Lugar disse...

Olá,
venho agradecer a gentileza da sua simpatia.
Abraço
ag

Daniel C.da Silva (Lobinho) disse...

Sem dúvida que muitas vezes, e tantas vezes, somos nós o nosso próprio inimigo...