segunda-feira, 7 de julho de 2014






Borbulha um sorriso no canto dos olhos
Escorre sol-riso dos lábios
É a alma soltando prazeres
É o coração palpitando aplausos




8 comentários:

brisonmattos disse...

Não é com tanta poesia mas é mais ou menos assim. Viva a vida! Vivamos bem.

Paulo Francisco disse...

Satisfação plena!
Um beijo grande

Cidália Ferreira disse...

Humm

O amor anda no ar, loooooool
Gostei

Votos para uma excelente semana.
Beijo


Coisas de Uma Vida 172

Existe Sempre Um Lugar disse...

Boa tarde,
A Cidália tem razão, nota-se que o amor anda por ai.
Fique bem
AG

http://momentosagomes-ag.blogspot.pt/

O ar de que somos feitos disse...

Oi, Paula!
Tudo bem?
Saudades de você.
Eu sempre aprecio os seus poemas, sempre delicados, maravilhoso, a felicidade é assim como se abrir para sorrir, viver como a chuva leve, de forma inteira e viva.
Um abraço, Antonio Carlos

Helena disse...

Sorriso, alma, coração... poucos versos e tanta emoção! Lindo, Paula!
Um sorriso e uma estrela no teu olhar, com carinho,
Helena

brisonmattos disse...

Lembrei de ti quando almocei um farto baião de dois num restaurante da rua abolição com a esquina da rua PAULA BARROS em Fortaleza.

O Sibarita disse...

Hum tá assim é Fia? Ah que bom...

Você sempre surpreendendo! kkkkk

Rrraaapppaaazz... Ah esse seu coração pululando aplausos, oi que bom! kkkkk

O Sibarita