sábado, 17 de maio de 2008




Lua nova. Sexta-feira. Ele chega em casa. Uma pergunta o inquieta. Toma banho. Ainda úmido, enrolado em uma toalha, o corpo vibrando, a mente inquietando o imaginário, a fantasia, os desejos, senta-se em frente ao computador e escreve para ela. Quem é você? Você? A mulher. Ela sai do trabalho. Olha a lua nova bonita, embora de vez em quando sendo encoberta pelas nuvens do tempo nublado. Pensa nele. Quem é? O que estará fazendo numa sexta-feira? Pensa em escrever para ele, dizendo que observa a lua, e que a lua está bonita. Embora faltando um pedaço, um complemento. Chega em casa, ansiosa, esperando encontrar novidades. Encontra o homem que ela pensa, pensando nela, ainda úmido do banho, cheirando a homem, corpo quente, enrolado numa toalha. Ela emociona-se, arrepia-se, ou o inverso, ou mais se arrepia do que se emociona. Quem é ela? Ele? Nesse momento não importa. É apenas uma mulher, com desejos de mulher. Entrega-se, com todos os defeitos que tem, com todos os desejos e fantasias. Apenas cheira, sentindo o aroma do desejo, do homem, passando as mãos pela borda da toalha que o enrola, solta a toalha.



15 comentários:

eu tropeço disse...

ôpa.

Layla Lauar disse...

Amiga, fomos invadidas pelo desejo nesta madrugada...também escrevi algo (meio) erótico, não tão belo quanto o seu texto.

Beijos, adorei!

Edson Marques disse...

Paula,

Belo texto!
Eroticíssimo - se existe o termo.

Mas mulher que tem desejo e fantasia, nunca tem defeito!

É perfeita, em todos os sentidos, em todos os sentidos e também em todos os sentidos!

Abraços, flores, estrelas..

wilson rezende disse...

Paulinha, um belo texto de uma pessoa maravilhosa, tenha um ótimo domingo, um grande beijo.

Everson disse...

Desejo,paixão e extase,lindo texto, e como é gostoso aliar a tudo isso a lua,os encantos naturais, isso nos leva a outras galaxias distantes, um voo livre com os pes no chao...parabens pelo texto, e legal voce chegando em primeiro no Livro,rs,obrigado por todo o carinho das visitas...beijos e uma semana rodeada do verdadeiro amor e do carinho infinito.

Bandys disse...

" É apenas uma mulher, com desejos de mulher. Entrega-se, com todos os defeitos que tem, com todos os desejos e fantasias."

Uma verdadeira entrega.
Belo texto.

Uma tarde de domingo cheia de amor,
beijos

F. Reoli disse...

Eu vi essa mesma lua na sexta, linda, assim meio entre nuvens... e sabe que tive mesmo tendo essa conclusão de que a coisa mais gostosa da vida é ter alguém pra te esperar ou você poder esperar alguém, assim todo dia, debaixo da mesma lua. Eis o poder dos astros!
Beijos

Isaque Viana disse...

Paula...
Fantástico!
Muito bacana! Muito mesmo!
É, tô vendo que cê tá realmente trabalhando em novas formas de escrever. Muito bom! Muito mesmo...
Pra ter idéia, tive um arrepio aqui. Você me emocionou, moça. Sabe aquela coisa de riso no canto da boca?
Pois é.
Parabéns!

Beijos tantos...

Chuvinha disse...

Nossa imaginação atravessa o véu da realidade.

Pedro disse...

Fez muito bem em atender aos desejos.

O Sibarita disse...

Pois é, né fia? kkkk A toalha, sim a tolha solta ao léu... kkkk

Tá bom dona moça, esse seu texto podemos considerar como real, quantso casos desse não acontece no dia em qualquer lugar...

Epa! kkk Aminha toalha caiu, oxente! kkk Ah sim, é ela, é ela sim que acabou de chegar... ô doida vê se não arranca o pedaço do meu berço, ui... ai... kkkkkkkkkkkkkkk
Miseravona essa mulher, faça fé! kkk

Ótimo texto! Valeu fia... kkk

bjs
O Sibarita

Alisson disse...

bestificado. E só.

Pedro Ivo disse...

É um perigo ler isso!
O meu Deus, cadê o meu cheiro de homem??

Beijos

MONICAVOX disse...

querida Paula,....o desejo é uma coisa que muitas vezes não conseguimos controlar....esse caso aí, é um desses momentos....
Bom final de domingo prá vc!cheguei,louca para ler os amigos.......bjus, walk on forever,monicavox

sergio disse...

Sensualidade a flor da pele! excelente Paula. Bj e ótima semana amiga