quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

Apenas....
Queria estar junto a você
Ver o que você vê
Escutar o que você escuta
Andar por onde você anda
Carrego um pouco de ti
 Com o muito que sou eu
Que nem lembrava que existia
Só lembrei de mim
Depois que ti conheci
Mesmo sem conhecer
 

31 comentários:

Paulo R Diesel disse...

Que química Paula.


Beijo

Léo Mandoki, Jr. disse...

...tem algo que me ficou na memória...foi aquela foto do vendedor de literatura de cordel..lembra??
ainda hj pensao nela e me dá uma vontade enorme de ter estado lá com vc...eu teria comprado aquele cesto tdo de estórias...e passaria o dia inteiro ctg...conversando, passeando...e as vzs em silencio..so um na presença do outro...

A+☺$ disse...

Isso me faz lembrar o começo do meu namoro ♥

Muito lindo.

Abraços.

Pelos caminhos da vida. disse...

Estas apaixonada,é muito bom!!

Bom dia amiga.

bjs.

Déia disse...

Bom dia minha querida ...

Acho que alguem aqui esta apaixonada né?
Que bom minha linda que Deus ilumine sempre sua vida e que esse amor que brota em seu coraçao lhe traga muitas felicidades.

Beijoss

Carla disse...

Há quem tenah esse condão de nos tornar felizes
beijos

Verônica disse...

Parabéns pelo blog. Lindo!!! simplesmente isso...

Juliana disse...

"Só lembrei de mim

Depois que ti conheci

Mesmo sem conhecer"

Eu só lembrei de mim, quando conehci meu namorado, que desde o primeiro momento parecia tao conhecido, mesmo sem ser.
beijao

Olavo disse...

Lindo..engraçado que descreveu o que vivo..o que sinto em poucas palavras..
beijão

Verônica disse...

Obrigado pelo toque das "letrinhas" é pq ainda estou aprendendo...Beijosss

PreDatado disse...

Isso é que é paixão, hein Paula?

Amarísio Araújo disse...

Este é um bem-querer que faz um bem danado ao coração,que confirma
a existência...
Sensível e meiga a sua declaração de amor,Paula.
Um lindo dia.
Abraços.

Everson Russo disse...

A sua poesia remete o pensamento aquele lugar que a gente nunca foi, mas que nos parece tão familiar, aquela flor que mesmo vendo só pela foto a gente sente perfeitamente o cheiro, aquele amor que ficou no passado e que tanto nos provoca a inquietude de agora, ou até mesmo aquele amor que a gente nunca conheceu, nunca sentiu como é, mas que sabemos ser o que precisamos, mesmo sem alimentar muito a esperança, mais uma vez, sinto a sensação de que seu post está paralelamente ligado ao meu, aquela estranha vontade de liberdade de algo que se sente e não se sabe explicar, conflitos internos interminaveis, dor amor amor e dor....sei lá, não ando muito legal esses dias de dezembro....beijos pra ti, otima quinta feira e uma linda tarde....

Luiz Caio disse...

Oi Paula!
Você se encontrou novamente, depois que reencontrou o amor! E é apenas uma questão de tempo... Logo o amor também lhe encontra!

TENHA UMA LINDA TARDE!
BEIJOS.

O Profeta disse...

A luz da paixão...


Doce beijo

João da Silva disse...

Paula, querida, você é tão suave, tão delicada, e sempre me emociona...
Beijos, linda, os mais carinhosos, com aroma de rosas, do João

Nanda Assis disse...

concordo com joão vc é muito suave, e este poema, me faz lembrar de um amor virtual que tive.

bjosss...

Bandys disse...

Paula,
Lindo poema.
Muita gente vive isso!!

beijos

Jeanne disse...

É, Paula, o amor faz destas coisas com a gente, uma sensação de existir para o outro, o que no final é o sentido maior do amor, quando ambos se completam...
Beijos

Lilith disse...

Maravilhoso.

"Só lebrei de mim
Depois que ti conheci
Mesmo sem conhecer"

Foi uma das coisas mais lindas à respeito desse tipo de amor que eu já li.

Bj imenso

Sedokao Morutaru disse...

Belo poema.



( já tirei, a confirmação rsrs)

FRAN "O Samurai" disse...

Oi amiga!

Hummm...

Não deveria estar nesse momento correndo atrás de algo, ou de alguém?

Se esse poema é sobre a sua vida neste momento, o que está esperando?

Vá atrás do que queres e viva esse momento! Só assim saberá se é realmente o que deseja...

Quem fica parado é ponto. Eu sou passageiro... Vou aonde quero chegar!

Beijos e profundas palavras de uma apaixonada!

ลndreia disse...

Saudade?! *

tossan disse...

muito bonito o poema! Bj

benechaves disse...

Bom quando a gente fica ao lado da pessoa que gosta, hein?
Um bom final de semana e que tudo fique com saúde e paz.

Um beijo junto de ti...

HSLO disse...

Nossa que envolvimento perfeito Paula...Te curto muito viu.

abraços

Jardineiro de Plantão disse...

Lindo o poema... ou a declaração...

Avassaladora paixão...

Abraço

Mariana disse...

Menina,
Adorei o texto e confesso que me senti um pouco assim tb..
E vc, como está??? Eu estou bem, trabalhando bastante. Sem tempo de entrar aqui. Mas, tenho que tentar ser mais presente! Prometo melhorar em 2009. Muita coisa pra colocar em ordem até final de dezembro, pra começar o ano com o pé direito!
Beijos pra vc e um excelente fim de semana!

Daniel disse...

É... Isso é o retrato de início de namoro. Bjus.

http://so-pensando.blogspot.com

Sol da meia noite disse...

Lindo por demais...!

Há um caminho que nos leva ao desconhecido que sentimos já viver em nós... Esse caminho é o amor.

Um lindo fim de semana te desejo.


Um beijinho, com carinho *

O Sibarita disse...

Hummmmmmmmmmm... Que poesia da zorra, ai Deus! O amor na essência nos leva a escrever coisas maravilhosas.

bjs
O sibarita