sábado, 6 de dezembro de 2008

Quando partiu
 Disse que voltava
Nunca mais voltou
Não disse adeus
Deixou um vazio
Uma lacuna
Se foi
Sem deixar notícias
Nem pista
Evaporou-se
Foi-se com o vento
Carregando uma mágoa
Uma tristeza
Achou por bem não dizer nada
Não brigou
Não discutiu
Nada adiantaria naquele momento
Apenas fechou-se em concha
 Para nunca mais voltar
(

35 comentários:

Nanda Assis disse...

ai paula que delicia disso, faço minhas as suas palavras.

bjosss...

Vivian disse...

...se foi.
mas o importante
é que um dia
esteve.

muahhhhhh, lindeza!

um dia ainda vou aprender
a escrever como você.

Maria Dias disse...

"Aqueles que passam por nós não nos deixam sós.Deixam um pouco de si e levam um pouco de nós..."

Me perdoe se sou radical no meu rasciocínio, mas acho meio covarde alguém se ir assim sem nem avisar... Este comportamento é tipicamente virtual é como q algumas pessoas por aqui usassem e abusassem das máscaras.

Beijinhos

Maria

Raíza Rocha disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Raíza Rocha disse...

Sem melodia, sem música
afastaram-se bruscamente...
Então olhou-o sem vê-lo, os olhos nublados de dor pressentida.
ele partiu... sem dizer adeus.

Fernanda! disse...

Faço minha as palavras da Maria Dias...Pura covardia mesmo.


Beijos linda...Tenha uma final de semana com o calor e as cores do sol!

Dauri Batisti disse...

Gostei do poema, especialmente por tratar de laços reais que se dão com pessoas "virtuais".

Beijo.

Codinome Beija-Flor disse...

Vamos brincar um pouco! Deixei um desafio para você lá no meu blog.
Bjos

Léo Mandoki, Jr. disse...

PREAMBULO ao comentário
adoro entrar nos comentários dos meus amigos e encontrar outros amigos....é o mesmo sentimento de qnd chegamos a uma festa e reconhecemos lá alguns amigos..e sabemos que nao estaremos só!
Comentario:
....num dos meus antigos antigos post escrevi sobre as 3 doutrinas de Mandoki:
1) temos a capacidade infinita de amar, e devemos amar a última pessoa como se fosse a primeira
2) PARTIR SEM OLHAR PARA TRÁS
3) não acomodar demasiado tempo a saudade e o rancor no coração

o seu amigo virtual que partiu talvez seja um dos discipulos da 2ª doutrina...as vzs doi tanto a despedida qnd a partida é inevitavel...q mais vale partir em silencio e sem olhar para tras...

...mas a minha opinião é que partidas assim nao sao definitivas...mais dia ou menos dia algo relacionado com essa partida acabará acontecendo....

um beijo gostoso em vc

Bandys disse...

Paula,

Ja passei por momento assim...Na época achei covardia, hoje dou graças adeus.


Beijos

Izi e Everson Russo disse...

Se foi, e deixou saudades, é porque aqui esteve um dia e valeu a pena, muitas vezes é melhor partirmos sem nada dizer, talvez nem mesmo o adeu, dói menos...beijos pra ti minha poetisa, tenha um lindo final de semana, e não precisa se desculpar pela ausencia, eu entendo, sinto falta, mas claro que entendo...

Pelos caminhos da vida. disse...

Bom dia amiga!

Obrigada pelo carinho no meu blog "Além do Horizonte",vim agradecer a sua dica,já fiz isso,obrigada,valeu.

Fim de semana de luz.

bjs.

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querida Paula... Foi-se, não disse nada... Não merecia o teu carinho... Melhor não empatar o teu caminho... Adorei Amiga!
Beijinhos de carinho e ternura,
Fernandinha

Mai disse...

Olá, Paula.

Bem, se não houve discussão, tenho minhas dúvidaas se voltará.
Há quem diga que quando alguém importa, há discussões.
De qualquer forma, o texto é lindo.

P.S.
Reconhecí este mar. É o mar de minha terra. Também sou de Pernambuco, Paula.

Carinho.
Voltarei.

Jacinta Dantas disse...

Sair de cena, às vezes é preciso. E, sair, sem muito alarde, deixando marcado o tempo em que esteve presente.
Lindos versos.

A+☺$ disse...

Ótimo, um Quê de melancólico, triste, mais muito bom =D

Parabéns e bom FDS pra vc =D

Cadinho RoCo disse...

Mas a própria vida não é feita de idas e vindas?
Cadinho RoCo

Amarísio Araújo disse...

Quem sabe um dia ele volta e diz tudo o que não disse na partida.
Ainda que o tudo seja só um adeus.
Uma linda tarde de sábado e um ótimo final de semana para você,Paula,e para todos que aqui comentam.
Beijos

Paula Calixto disse...

Deixa ser livre. Nisso até você o é: para escolher dizer que sabe.

Beijos.

Carla Silva e Cunha disse...

beijos

carla

www.arte-e-ponto.blogspot.com

Pavón disse...

Acredito que as pessoas que passam por nós não tem o poder de desaparecer deliberadamente, seja pelas marcas deixadas e pedaços levados, seja por que a vida sempre encontra um meio de cruzar os caminhos novamente em algum momento... acho que por isso que nao gosto de "adeus", prefiro o eterno até logo...

Menina do Rio disse...

Virtual é a forma como as pessoas estão tentando viver suas realidades... Real é ao dor precede a partida...

um beijo

Anderson Emídio disse...

Olá Paula.

Não podemos sofrer por quem se foi,nossa vida e desafios continuam e se a pessoa partiu sem se despedir é porque não merecia fazer parte do futuro.
Seguir em frente sempre,na trajetória do sucesso nem todos nos acompanham até o final.
Sempre haverá algo novo a ser conquistado.

Beijos

Glayce disse...

Eita que os poemas da Moça Paula raaasgam a aaalma!!!
Partiu, disse que voltava, nunca voltou! Antes, ameeeei o seu poema, muito expressivo, nos faz identificar-se imediatamente...
Quando eu tiver coragem, farei um post sobre este tema... Sobre alguém partir dizendo que volta, mas...

Beijããão, querida!

Jardineiro de Plantão disse...

Na concordância deixou marca, daí o poema... de emoção à desilusão

"Evaporou-se
Foi-se com o vento
Carregando uma mágoa
Uma tristeza"

Amanhã, hoje já não, rodopie no Alentejano... coloquei mais uma visita.

Beijo fraterno e carinhoso.

Quase Trinta disse...

Por essas e por outras tenho tanta dificuldade em despedidas, sejam temporárias como um até logo, seja um adeus.

beijos

Verônica disse...

Existe uma música do Legião Urbana que fala de "quando você voltar", e gosto muito, sair sem dizer Adeus, sempre deixa a esperança do retorno...que não vem...
Sempre deixo quem amo com uma palavra de carinho, pq não sei se vou voltar, ou se a pessoa ainda vai continuar lá...

Diário Espiritual da Vilminha disse...

Oi Amiga, quem parte sem dizer adeus e deixa saudades, nem sempre é covarde, as vezes tem mais medo de desistir ao vir dizer adeus e não encontrar forças pra ir embora e se realmente precisa partir as vezes é melhor calar e não dizer nada, nenhuma palavra justifica um adeus deliberado. Só a morte pode ser um adeus e este nos não sabemos a hora não é mesmo, por isso não existe palavras para um adeus ou até nunca mais, nunca se sabe o dia de amanhã então ao meu ver não existe palavras pra dizer um adeus. Por isso muita gente vai embora e não nos dizem nada. Beijos e um ótimo final de semana. OBS: Respondendo, Sou eu ao lado da foto sim.

Daniel disse...

Há quem ache que a melhor maneira de dizer adeus é indo embora sem dizer nada... Bjus e bfs.

http://so-pensando.blogspot.com

O Sibarita disse...

Ô moça e foi assim, foi? Valha-me Deus! kkkkk

Mas, aqui para nós, quem é vivo um dia volta, né não?

Eita poema porreta um tanto com mágoa, acho...

Oi aproveito e peço desculpas novamente por não está vindo aqui, o trabalho tem me absorvido o tempo com viagens e ai fico sem poder ir aos blogs das pessoas amigas e em especial ao seu.

-Tá, o cara deu ninja (Sumiu, baianês)depois volta na maior cara de pau! kkk
-Quem é véio?
-E eu sei lá? Só sei que a poesia dela fala...
-Fala? Ah bom... então o cara tem que se tocar.
-Isso tem mesmo! Agora...
-Agora o que?
-Será mesmo aquele ninja? (pessoa que some, baianês)
-Como posso saber se até o momento você não disse o nome?
-E eu sou louco de dizer? Você quer me lenhar, é? kkkkk
-Eu não, quero é colocar lenha na fogueira! kkkk
-Sujeito escroto você, quer ver a caveira dos outros! kkkkk
-Eu? Quero não... kkkk Agora, tô desconfiado...
-Desconfiado?
-É, será que é...
-Oi vamos parar por aqui... kkk
-Ah não! Vou dizer é o...
-Rpaz deixe de onda não bote nesse fogo não! Kkkkkkkk Oi cou é me picar, viu? kkkkkkk Fuiiii...

bjs
O Sibarita

Jéssica V. Amâncio disse...

tá lindo aqui. =)

FRAN "O Samurai" disse...

Oi amiga!

Vim aqui agradecer pelas doces palavras sobre minha pessoa. Sou apenas uma pessoa que gosta sempre de escrever o que sente e gosto de ler também as coisas que meus amigos postam.

Gosto de ler, refletir e depois comentar, mas comento com o coração e procuro sempre passar uma mensagem boa, de otimismo, de alegria e assim poder ajudar aqueles que precisam de umas palavras amigas as vezes.

Eu faço minha parte, mesmo sendo pequena, apenas com palavras, mas eu faço... e de coreação sempre!

Obrigado pelo carinho.

Bill Stein Husenbar disse...

Ausentar é preciso para voltar com mais força.

http://desabafos-solitarios.blogspot.com/

AugustoMaio disse...

Com a profundidade que a ausência deixa na saudade

Sol da meia noite disse...

Talvez tenha seguido o caminho que o coração lhe indicou...
Tudo tem sua razão de ser, mas nem tudo se explica.

Beijinhos * *