domingo, 25 de janeiro de 2009

A andarilha sorri.....
Senti sua presença chegando junto com o meu sorriso. A alegria e satisfação se derreteram pelo meu corpo como a cera da vela que escorre enquanto queima. A casa de portas abertas estava todo esse tempo com flores enfeitando o caminho, a sua espera. Enquanto atravessava a ponte para ir ao seu encontro e escrevia entrelaçada com as suas palavras, ouvia música portuguesa, presentes diários que me tornaram mais leve. Fiquei muda, não sei se foi utilizando a tal estratégia do silêncio para ver se sentias a minha falta, ou por me achar uma boba de falar e não ser escutada., ou .... não sei. Canso, descanso, volto. Sabia que seria por pouco tempo a minha ausência. Escrevi histórias da minha caminhada de peregrina, algumas não foram publicadas. Outras emoções encontradas pelo caminho mudaram o rumo da andarilha em mim. Voltei a falar. Sou assim. Estou tentando ser assim. Da vida não se leva nada. Só o bem estar das viagens, em amplo sentido. Para que prolongar o silêncio? Nesse mundo de anjos. Então falei. Pela estrada encontramos luzes que iluminam o caminhar, fazem vibrar sons diferentes, acordes muito pessoais. Cada um tem uma orquestra dentro de si. As palavras fazem vibrar o nosso ser adormecido. Se escutarmos o passado que se levanta e dançarmos com os fantasmas, podemos nos libertar dos grilhões atados aos pés e voar. Queria a sua visita, chamei, chorei, um dia ela aconteceu. Num dia lindo, tudo ia muito bem, e ficou melhor. Espero que suas palavras continuem levantando poeira na estrada, embaçando a vista, fazendo chover nos olhos. Assim limparei a alma, soltarei as asas da imaginação. Mergulharei em mim, sonharei e voarei pelo mundo. Então, sentada sorri. Quando quiser voltar a casa continua de portas abertas.
Continuarei te lendo, igual a ovelha que segue o pastor.... (para ler todos os post dessa série - A andarilha, é só clicar no marcador)

31 comentários:

TODO NOSSO disse...

entao Paula,sonhe ,voe, siga seu caminho com esperança,amor,paz,nessa vida,o q vale é o levamos dela...o amor...
ótim semana,bjsss
elane e Sérgio

Pedro disse...

E que tenhamos sorrisos sempre.

Léo Mandoki, Jr. disse...

vc se transforma...essa coisa de ser andarilha...eu gosto...mas parece q estou falando pra outra pessoa....por exemplo..a andarilha nca me visitou! eu não sei quem ela é...só conheço paula barros...essa andarilha eu gosto dela mas ela é ESTRNHA!

Cadinho RoCo disse...

Andar projeta em nossos pensamentos outros passos.
Cadinho RoCo

Vivian disse...

...e continuo a viagem,
em meio a esta paisagem,
onde tudo me fascina...

me fascina viajar nas
sandálias poéticas
desta andarilha...

bjuss, linda!

Daniel disse...

Não tenha medo de viver minha querida amiga! Voe cada vez mais alto... Bjus e bfs.

http://so-pensando.blogspot.com

L. Malloy disse...

Acompanha o meu blog, por favor.

L.

Avassaladora disse...

Nossa, Paula!
Confesso que seus textos, as vezes, são como um soco em meu estômago...
Estranho essa mistura de nos duas...
Esse sentir tão paracido...rs

Bjs, amiga linda!

Tenha uma ótima semana!

Fernanda disse...

voe sempre=)
isso é lindo.

e muuuito obrigada pelo ultimo comentario.
salvei o texto como rascunho,prq achei que estava a flor da pele demais...
mas seu comentario está lá,guardadinho e muuuito obrigada mesmo,são por causa de comentários como esse que continuo escrevendo=)

Amarísio Araújo disse...

E continua a andarilha,cada vez mais peregrina,cada vez mais sonhadora,dividida entre o libertar-se dos grilhões atados aos pés e voar ou ser uma ovelha a seguir o pastor.De todo modo uma andarilha.
Paula,esta sua andarilha está a cada dia melhor.Impossível não querer acompanhá-la.
Uma linda semana pra você.
Beijos.

PS:andei ausente,mas já coloquei a leitura em dia por aqui.

Tatiana disse...

Adorei Paula... gostaria muitas vezes de ser uma andarilha assim!
Vou ler os posts da série.

Te desejo uma bela semana!

Beijinhos

Melsavinon disse...

Olá!PAsso desejando uma boa semana!
Muitos beijos e até sempre!

Voar voar subir subir
Ir por onde for
Chegar até...
ou mudar de cor...
continue assim...

Camila disse...

Gostar é pouco para dizer o que senti sobre seu texto!
Adorei o título, o conteúdo, tudo!
Este daria certinho para postar em meus caminhos como convidada, heim?! Por falar nisso, ainda lembro que você aceitou meu convite, tá? *risos)*

Beijo grande e boa semana, minha querida andarilha!

Dauri Batisti disse...

Somos sempre andarilhos, especialmente quando paramos. Quando nossos pés descansam nossa alma vai longe, distante em planícies e montes. Vai. O que importa é mesmo ir. Adoro dirigir extamente pela sensação de ir, nem que seja só par voltar depois.

Um beijo.

Verônica disse...

Lindo texto...
Essa andarilha...linda...
Beijos e tenha uma ótima semana!!!

Astrid disse...

Adoro teus posts. Adoro a tua casa. Serei uma seguidora tua.
Boa semana. Abreijos (abraços e beijos)

Everson Ruso disse...

É sempre importante nessa vida que preparemos o caminho pra um grande retorno, deixemos nossas portas abertas e o coração tambem, que o retorno seja doce e tão esperando e que a alma esteja sempre pura a espera, mesmo que essa espera seja longa, que a jornada seja dura, mas que no final o repouso nos braços do amor seja gratificante, essa andarilha tem historia pra contar....beijos querida, tenha uma excelente semana de amor e paz....

Juliana disse...

Eu continuo seguindo, cada dia mais andarilha, cada dia mais sonhadora, e seus textos são maravilhosos, vou dedicar essa parte ao meu amor

"Espero que suas palavras continuem levantando poeira na estrada, embaçando a vista, fazendo chover nos olhos."

Se você me permitir é claro!
;)

Quase Trinta disse...

Acho q tenho um pouquinho de andarilha em mim...rs

beijos e excelente semana

Paulo Palavra disse...

quando vc toca a campainha dessa casa ela faz: "Béééééé"??

Odele Souza disse...

Oi Paula,

Muito bonito o seu texto. Você escreve com muita competência.

Um abraço.

poetaeusou . . . disse...

*
andarilha,
da prosa avassaladora,
,
conchinhas de luz, deixo,
,
*

Simples Assim... disse...

Colocando a leitura em dia. Já comentei no post anterior. Agora vamos a esse. Gosto de perceber como em todos os blogs um post é sempre desdobramento do outro, uma sequência, mesmo que o liame entre uma postagem e outra não seja assim tão óbvio. Sinto como se cada post fosse uma passagem de uma grande mensagem enviada pelo escritor, uma carta. É assim que sinto.

Bom, quanto a esse post, as portas... A sua, a minha... abertas... Não que isso faça com que esteja tudo assim tão claro, uma porta aberta não quer dizer que não há outras portas dentro da casa e que essas portas estejam todas escancaradas. Enfim, o que me fica mais forte nos seus posts é a sensação de que a porta está ali aberta e permanece aberta quando o visitante entra. Isso o deixa livre pra ir embora, e voltar um dia, ou não voltar. Mas a possibilidade do retorno, do movimento, isso tudo é libertante, liberta suas emoções, suas palavras, suas asas. O resultado disso tudo? Textos, beleza, admiração... e mais visitantes... rs.

Olhos de mel disse...

Oie linda, que seria de nós, se não fosse a nossa capacidade de sonhar e voar? Doce e sonhador post!
Boa semana! Beijos

Diogo Caceres disse...

Oi Paula, boa noite... deu uma alterada no layaut do seu blog.. ficou legal!!
Muito bom nos permitir vivenciar relações que nos permitem essa viagem pela vida... até pq a vida é uma grande estrada, em que a cada percurso as pessoas que encontramos nos fazem viver grandes historias... Elie Wiesel, sobrevivente da 2º grande guerra, disse certa vez: Deus criou o homem, pq adora histórias!! Que possamos fazer de cada dia uma pagina do grande livro da vida, em nossa caminhada!
Ótima postagem, grande abraço amiga!!!

Paulo Palavra disse...

O Blog ta atualizado! Entra lá pra ver depois: http://algunsmomentos.blogspot.com/

beijos!

Mai disse...

Andarilha, andarilha... Onde andas?
O que estás a pensar?

Estou gostando Paulinha dessa tua nova fase...
Criatividade é isto.
Hoje lua, amanhã mar, depois? Viajar e viajar...

Beijos, querida.

Sol da meia noite disse...

Quebra sempre o silêncio, com belas palavras ditadas pela alma.

Jinho *

águia_livre disse...

O sonho é o alicerce da vida. Por isso ... sonhe sempre

Visitem:

http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.com/

Fiquem bem
.

Jardineiro de Plantão disse...


Senti sua presença chegando junto com o meu sorriso. A alegria e satisfação se derreteram pelo meu corpo como a cera da vela que escorre enquanto queima. A casa de portas abertas estava todo esse tempo com flores enfeitando o caminho, a sua espera.


Mas isto é puro encantamento...

Todo o texto encanta... Eu tri li toda esta alegoria ao Amor... Podem ser pensamentos... Devaneios... Mas é "coisa" linda como o mais belo pastel... não é só para ler... é para saborear.

Que a inspiração sempre lhe sorria, como este momento lindo.

Abraço...Abraço

myra disse...

comentarios demais, claro merece e como! mas nao sei aonde colocar os meus...lindo TUDO, e esta casa como gostaria que fosse minha,
tenho impressao que esqueceu de mim, pena...
um beijos,myra