quarta-feira, 11 de março de 2009

Com você
Quero viver um ciclo de muito ciclos
Uma fase de muitas luas
Olhar a lua, procurar as estrelas
Escutar o silêncio
Pegar a brisa e passar nos corpos
Dormir juntinho
Acordar cheirando o seu pescoço
Alisando as suas costas....
Esperar o dia amanhecer
Namorando na beira do mar
Tomar banho de mar
Mergulhar e mergulhar
Apreciar o pôr do sol
Aspirar energias boas
Repassar com os dedos
O calor do sol no seu corpo
Energizar a sua energia
Esperar a lua subir
Pulsando vibrações
Ter você em meus braços
A ver estrelas
Sentindo seu beijo no céu da boca
Enluarada de desejos

38 comentários:

Léo Mandoki, Jr. disse...

não gosto de luas....mas gostei da parte de mergulhar e mergulhar....gosto de praia...sem lua

tossan disse...

Quem não quer tudo isso, não é? Já te falei que gosto quando usas as tuas fotos nas postagens. São ótimas! Beijo

Van disse...

Adorei. Mas o meu momento nao me permite querer tudo isso. Me permite bem pouco... :/ se quer saber.


http://xcafedamadrugadax.blogspot.com

Fernanda disse...

não tem nada que me encanta mais que a lua^^
adorei o texto...

Mai disse...

Gostei do banho de brisa...
Uma boa 'fantasia'...
Lembrei de uma música 'por você...Eu viveria em greve de fome...'

Estou adorando esses textos permeados com tuas imagens eo tom de quem não teme dar, ao que ama,o devido valor.

Beijos, Paula.
Fica bem nos dias e nas noites com sol ou sob o brilho da lua.

Carinho,

Mai

Pena disse...

Admirável Amiga:
Simplesmente, enternecedor. Lindo. Puro. O seu poema de imensa significação.
Gosto muito de a ler. É um convite ao sonho. E, sonhar, é precioso.
Majestosa, atitude.
Bem-Haja!
Tem um valor imenso.
Beijinhos amigos.
Sensibilizado pelo seu encanto e ternura
Com respeito e admiração. SEMPRE!

pena

Fantástico!
Comento como Pena, mas uma pergunta: Arreliou-se com o Peter Pan, estou preocupado...! E, com o Pena...já não fazem parte dos seus amigos que gostam muito de si?

Pelos caminhos da vida. disse...

Ter tudo isso é muito bom.

beijooo.

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Que coisa mais linda:

"Sentindo seu beijo no céu da boca
Enluarada de desejos"

Que gosto seria esse beijo? Tenho certeza que seria gosto de estrelas que brilham.

Beijo, Paula.

=]

Rebeca

-

Nanda Assis disse...

As fotos estão lindas, mas sua palavras, retratando um lindo amor, feliz e muito bem vivido deu vontade de amarmos ainda mais.

bjosss...
______.-“*”-.,.-“*”-.________
__(“)=l___O.,.O___l=(“)____
______”.___u___.”_________
________(“”).(“”)__________
________Te Adoro_________
________________________

LOURO disse...

Querida amiga Paula,

Adorei as tuas fotos!!!com belo poema de amor...Parabéns!

Beijinhos de carinho e amizade,

Lourenço

•.¸¸.ஐBruneLLa França disse...

Amo a lua... o luar... a lua no mar!
*-*
Perfeito
Beijos e borboleteios

Bandys disse...

Ah Paula,
Quem não quer!!!

E essas fotos misturados no seu pema ficou lindo.
Parabéns!!

Beijos

Bandys disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
glória disse...

paula, palavras e imagens compõem o ritmo de amor intenso em doses lentas. feito pra' durar e se mover no ritmo da natureza. em fluxos de bem-aventuranças. felicidades! bj

Paula Calixto disse...

Ai, que lindo! Adorei, adorei, adorei!!!

Vou incluir esse teu texto na cartinha pro meu love. Dar um mimo inesperado é tão bom! :)))

Beijos, xará.

Maryana disse...

Encontrei este cantinho e fiquei apaixonada...
Após ler este lindo texto nada mais me apraz dizer senão que o mundo tem realmente "imagens" maravilhosas: o mar, as estrelas, a lua...
Parabéns

Ana Lu disse...

Ai, babei.
Amo a Lua
;D

Everson Russo disse...

Estou recuperando meu queixo que foi ao solo, primeiro com a beleza das fotos, depois com a sensibilidade da poesia e da alma da poetisa, as vezes eu fico pensando aqui comigo, meu teclado, minha caneta, meu violão, ele tá sempre metido no meio coitado, será mesmo que existe esse amor que a gente escreve? Será que é utopia ou um dia vamos despencar num penhasco e cair a milhoes e milhoes de milhas de tudo aquilo que a gente não acredita e no colo de tudo aquilo que a gente procura, espero que exista entre as galaxias esse outro mundo, esse planeta, esse sentimento, essa lua, esse por do sol, esse mar, esse colo...tudo isso...enquanto isso continuo aqui a sonhar....milhoes de beijos pra ti e obrigado por tão linda poesia...otima tarde...

p.s. Tenho que confessar uma coisa, quando faço as visitas, tenho bilões de janelas e words abertos, quando seu blog estava abrindo eu estava escrevendo, quando seu blog abriu, eu simplesmente parei de escrever, abri outro word,parei o que estava fazendo, e simplesmente com a foto da sua lua, antes de ler o seu post, eu tive que escrever tudo que me veio a cabeça...que loucura....beijos

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDA PAULA, QUE BELA POSTAGEM AMIGA... ADOREI... UM GRANDE ABRAÇO DE CARINHO E TERNURA,
FERNANDINHA

Dona Sra. Urtigão disse...

PUXA!
Lindas as fotos para um lindo texto.


(PS: Rio tem disso não, mas quando voce quiser vir, é só avisar, arruma-se um cantinho para estender um colchão, o resto é mar, é rua )
Abraço.

Mefisto disse...

Estou precisando de um luar acompanhado, de preferência às vésperas de um dia de sol na beira do mar. Que lindos lugares são esses?
É pra lá que eu vou!
(Sério, estou pensando em passar um final de semana em algum lugar, não sei onde ainda. Onde vc recomenda?)

Beijão!

Poeta Mauro Rocha disse...

Belo jogo de imagens e palavras, num belo poema e que ilustra mais e mais nossa imaginação.Lindo!!

Um abraço!!

Poeta Mauro Rocha disse...

Belo jogo de imagens e palavras, num belo poema e que ilustra mais e mais nossa imaginação.Lindo!!

Um abraço!!

Daniel Savio disse...

Belo texto unindo fotos e palavras, mas noto que ainda meio desejosa demais, o que aconteceu menina Paula?

Fique com Deus, menina.
Um abraço.

Cecília disse...

Adoro a Lua e a de ontem estava linda!!!
Adorei o poema!!!

Beijão!!!

Simples Assim... disse...

"Com você
Quero viver um ciclo de muito ciclos
Uma fase de muitas luas"

Esse trecho tem muito a ver com uma idéia que não me sai da cabeça desde semana passada. Provavelmente será o próximo post do Impressões.

Nunca consegui ter uma noção do "sempre". Pensar em coisas infinitas pra mim é muito difícil, à medida que acho que cada fase, dia mesmo, tem um início, um meio, um fim. Acredito que cada momento seja único, completo, acabado, ainda que nós, muitas vezes, não consigamos perceber isso. Mas por outro lado, de uns tempos pra cá, venho percebendo que essa minha concepção é tão radical quanto a daquelas pessoas que acreditam em coisas eternas, que usam constantemente a palavra sempre, inclusive pra falar de coisas sobre as quais elas não têm controle. Como garantir a eternidade de coisas que não estão sob nosso domínio?

No fim das contas, normalmente, o que existe é um meio termo. Nesse caso específico, o MEU meio termo é o seguinte: Pode ser que o sempre exista, mas ele não é uma coisa só, acabada, conquistada, ele é um somatório de períodos finitos... "um ciclo de muitos ciclos".

P.S.: Lindas fotos !!!

Franzé Oliveira disse...

Muito bonito menina Paula. Inspirada (risos). Te adoro. Bjos com ternura.

Franzé Oliveira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
FRAN "O Samurai" disse...

Oi amiga!

Eta menina apaixonada heim! Belas fotos, belas palavras, tudo combina quando o amor está em volta.

Beijos.

yehuda disse...

espera, espera , estou perto...

Glayce Santos disse...

AMO fotos de Lua! AMEI o poema e as fotos foram escolhidas a dedo, pois ficou perfeito!
Um beijo para a senhorita!

Katia Ribeiro disse...

Adorei o poema, adoro apreciar a lua! Perfeitos!

Elcio Tuiribepi disse...

Olá Paula, belo poema e as fotos com certeza acompanhando as palavras de forma perfeita. Até gostaria de tirar fotos assim, mas falta talento e talvez uma máquina que possa registrar tão bem a natureza. Obrigado pelas palavras lá no verseiro, escrever é mesmo uma necessidade quase fisiológica...Um abraço na alma...

Jardineiro de Plantão disse...

Ao ver as imagens do post e as descrições colocadas me lembrei desta canção.

http://www.youtube.com/watch?v=thDOt7RfRgw&feature=related

Abraço

Maria Dias disse...

Que bom Paula...Gosto de lere seus poemas de amor!rs...

Beijinho

poetaeusou . . . disse...

*
os ciclos,
da vida, da Paula . . .
,
sublimadss conhinhas,
,
*

O Sibarita disse...

Valha-me Deus que mulher desejosa retada! kkkkkkkkkk

Fia, vc arrebenta nesse poema, viu?

Moça! Hummmm... kkkk Eu quero, se não choro! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Você sabe das coisa, ora se...

Danadinha!

bjs
O Sibarita

Sol da meia noite disse...

É na simplicidade dos momentos que o acontecer da vida tem mais profundidade e tudo faz mais sentido.

Belo post.


Abracinho
:-))))))