sexta-feira, 13 de março de 2009


Sinto-me um pássaro.
Um pelicano
Voo em busca de sonhos
Voo alto, juntinho as nuvens, entre as estrelas
Voo rasante, tocando as asas nas águas mornas do sentir
Mas o bom de ser pelicano é voar e mergulhar
Mergulho profundo em busca de mim.
Procurando a essência para me alimentar.
E assim continuar voando em buscas de sonhos, possíveis e até impossíveis.
Mas que me fazem voar e sentir emoções reais.

33 comentários:

Mai disse...

...A noviça voadora e seu pelicano...

Não é da tua geração. Um seriado com Sally Field, acho. Ela era uma noviça que conversava com um pelicano. O alimentava com peixes...

Por vezes sinto-me leve, também... Não como um pelicano,mas como um pássaro 'cantante'...

Belíssima fotografia.

beijos, querida.

Mai

Jardineiro de Plantão disse...


"Voo em busca de sonhos.
.....................
Voo rasante, tocando as asas nas águas mornas do sentir"


Como gosto de visitar este Blog e sentir as palavras escritas...

Deste amigo, algo desaparecido, receba um XiCoração.

glória disse...

quem voa sabe da vastidão do mundo. move-se para onde o sol nasce, baixa suas asas em busca de alimento e tem a beleza de saber a importência dos ninhos. teu pelicano tem essa sabedoria. bom dia!

Peter Pan disse...

Comovem-me, linda amiga...a sua pureza. A sua beleza. A sua imensa ternura de sentimentos.
Adorei!
Beijinhos de respeito e amizade que nunca a poderão esquecer. NUNCA!

Peter Pan

Zek disse...

Ahh quem me dera voar.
Ser mais leve que o ar.
Sobrevoando terra rio e mar.

No meu rosto, leve brisa a brincar.
Meu corpo suave, me deixo levar.
Meu coração começa a acelerar.

Arrefecendo, começo a plainar.
Meu vôo termina, terei de pousar.
Agora é minha alma que trafega pelo ar.
Zek.

PS : Nem preciso dizer que teu poema é lindo...
Beijos !!

Menina do Rio disse...

Voa nas asas dos teus sonhos, rasantes ou na imensidão!
Um beijo

MARTHA THORMAN VON MADERS disse...

Que este pássaro alcanse vôos mais altos, e que cante,e que seu canto seja suave....
Lindo! Adorei esta poesia.
Apareça por lá, tenho novidades.
beijos

Maria Dias disse...

Sabe Paula...

Minhas asas molhadas que me impediam de voar já sentem a leveza de minhas plumas.Em breve, muito breve, alçarei vôo e só por isso meu coração que ama a liberdade se alegra!Voe sim Paula voe e nunca deixe de acreditar nos teus sonhos!Você pode, eu posso,todos nós podemos.O mais importante é não desistir.

Beijinhos

Avassaladora disse...

Que lindo esse vôo...
Busque seus sonhos!

Paula, querida, o difícil é quando estamos com as asinhas quebradas...

Beijos e carinhos

Márri disse...

...mergulho profundo em busca de mim...

é sempre tempo de buscar nas profundezas, o que precisamos de nós.

Bom fds Paula!

Bjs

Glayce Santos disse...

Bom Dia, Paula!
Nossa, e é tão bom sentir-se assim, livre! Livre pra amar, pra falar, pra ouvir, pra dizer sim, dizer não... Eu amo essa tal de liberdade, sabia? Embora, muita vezes, nunca saiba como usa-la!
grande beijo

poetaeusou . . . disse...

*
*
vou mergulhar
nas asas do pelicano
buscando
e tornar palpável,
os sonhos q1ue me alimentam,
,
Conchinhas voantes, deixo,
,
*

Everson Russo disse...

Ontem uma lua, hoje um voo passaro, voo que mergulha nos sonhos mais profundos em busca de algo tão proximo e tão distante, o nosso mais profundo interior,,,eu me acho um passaro trancado na gaiola sem a mesma vontade de voar que antes....muito menos de cantar....beijos e um lindo dia pra ti....

Daniel Savio disse...

Hum, mas por que o pelicano?

Há mais aves graciosas que ficam a beira mar?

Até as gaivotas, os mergulhões, etc, então por logo o pelicano?

Fique com Deus, menina Paula.
Um abraço.

Bandys disse...

Paula,

Voos e mergulhos só pra quem tem coragem.
Voce é uma mulher de coragem
Um ótimo final de semana com paz

beijos

JC disse...

Obrigado por teres passado pelo meu blog.
Como é bom sonhar que podemos também nós humanos voar.
Voar liberta-nos damos asas à nossa imaginação.
Ficamos com a sensação que estamos mais leves.
Gostei do teu blog. Volatarei.
Beijinhos

Ana Lu disse...

Deixe as asas do coração voarem sempre...
Nada como essa sensação
;D
Bjao

Marcelo disse...

As asas mais poderosas que podemos ter é mesmo o amor, toda espécie de amor...
Só assim podemos sobrepor as nuvebs e tocar o céu da nossa alma...

Beijos meus, Paulinha.

Violeta disse...

Olá paula
Vim trazer uma lata velha que tinha no baú para voc~e começar a treinar o guardar do que já não se pode viver.
Um bj grande e muita força.

mangapinto disse...

Amiga, o voo livre em busca da liberdade. A sensação de voar será a maravilhosa busca do ser digno e harmônica que existe dentro de cada um de nós.

abraços - Mangarosa

Vict9r disse...

Oi....
Já tinha saudade de vir aqui....
É bom sonhar, mas tem dias que só temos pesadelos....
Acho que tá na hora de eu voar um pouco tb, para "apanhar" outros ares....

Continua assim, voando e buscando seus sonhos que vc ta caminho certo

Gilbamar disse...

Para alcançar e tornar concretos nossos sonhos e devaneios podemos, sim, voar. Porque os sonhos nos pedem atitudes impetuosas e urgentes. Como voar.

Fraterno abraço do amigo Gilbamar.

Amarísio Araújo disse...

Paula,

Sentir emoções reais exige isso mesmo,aventurar-se num voo em busca de sonhos,expor-se,como um pássaro às correntes...viver,nada mais.
Lindo o post,para variar.

Uma linda noite e um lindo final de semana.
Abraços cheio de carinho.

Pelos caminhos da vida. disse...

Voar sempre cada vez mais alto em busca de nossos sonhos, em busca da paz.

Tem selinho la pra vc amiga.

Fim de semana de luz.

beijooo.

Dauri Batisti disse...

Sentir-se um pássaro é bom, é preciso voar nestes momentos. Faz bem, acredito.

Opuntia disse...

Mergulhar em nós, vasculhar o nosso interior, é lá que buscamos forças para alçar voos maiores.

Bjos

Alma Nua disse...

...voe...voe sim e mergulhe,
minha linda.
mas não esqueça de em cada
mergulho trazer à tona
sentimentos de liberdade e
com eles alçar voos
à eternidade.

bjus

Elcio Tuiribepi disse...

Também ando mergulhando em mim mesmo...e as vezes me afogo, mas sempre sobrevivo...rs
Voar é perigoso...a terra é firme...rs
Introspectivo seria a palavra, até os poemas estão meio calados, ando repetindo, apesar de muitos estarem no estaleiro, sendo reformados...sei lá...
A Mai e o Dauri tem estilos parecidos, gosto de lê-los tbm
Mas o tempo anda curto mesmo...meio cansado...valeuuuu...um abraço na alma...

Ademerson Novais disse...

Sim deixo minhas asas se abrirem, baterem e subir,vôo, vou ao encontro do céu, planando sobre as nuvens, atiçando meus sentidos, minhas emoçoes.. tudo...bato minhas asas e atravesso o horizonte...percorro meus sonhos, minhas lutas, e tb as pessoas...vou voando pelo céu ate sumir e me fundir a ele...sou varios e um só passaro...


Ademerson Novais de Andrade

Eduardo Miguel disse...

Olá Paula!!! de alguma forma sinto-me muito bem qundo me visita e tece comentários tão especiais!!! obrigado pelas visitas e pelo carinho, percebí que me indicou em seu blog, fiquei muito feliz e se não se incomodar farei o mesmo com seu blog lá em casa até para ficar mais fácil de mantermor um contato maior!
Paula Sucesso e obrigado mais uma vez.

Philip Rangel disse...

Um passaro pronto a voar ne Paolinha...

lindo mesmo..

bjao

O Sibarita disse...

É isso! O vôo do pelicano, quem não sonha moça não vive... kkkkkk

Tá bacana seu poema! A moça ta triste é? Não, não está! kkk

Eita moça danada oi nem vou falar muito deixo uma poesia nesse tema seu!

MURMURANDO

O meu lado vagueia
É gaivota voando além...
Asas ruflam,
- Onde pousas? -
Favos de querenças,
Nessa noite de réstia...
Roubo o teu olhar
Dessa lua cheia
Refletindo do teu espelho
E afogo o meu peito
Nesse mar de desejos...
Como um fio
Que tece caminhos
Entrelaço-me com a lua
Viro facho de luz
E alumio a tua rua
Desses teus azuis...

O Sibarita

Bjs

Sol da meia noite disse...

Voar em busca de sonhos...
Abrir possibilidades que derrubem o impossível...
Sentir...

Lindo, muito lindo minha amiga.

Jinho *