quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Cabo Frio - set/09

Até a alma dos fortes chora e grita quando se sente ameaçada.

21 comentários:

Memória de Elefante disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Opuntia disse...

Muito bom o casamento do texto com a ilustração. Ficou lúdico.

Bjos

Vanna disse...

Fiz uma viagem no tempo e cheguei ao dia catorze, imagens e palavras são partes q se completam e integram a mente e a alma.
Todos precisamos d um forte.
Bjs, bom fim d semana.

Diva disse...

Devo me sentir sempre muito ameaçada,pois estou sempre a gritar ...chorar,às vezes!

Adorei seu blog!
Que bom que gostaste do meu!Podemos nos seguir.Te linkei!

Beijo

Evandro Varella disse...

Dia nublado em Cabo Frio, combina com a tristeza do canhão apontado ao mar.
Saudades de quando adolescente vivia a passear em Cabo Frio.
Me trouxe ótimas recordações.
Beijos

Pedro disse...

Porque, no fundo, ninguém é tão forte...

in natura disse...

Poucas palavras e belas. Gostei do seu blog é muito bonito.
Bejuss

tossan® disse...

Simples e muito poético Paula. E a foto muito boa, parece a Fortaleza da Barra por dentro, que você fotografou aqui em Santos. Beijo

A Magia da Noite disse...

a alma é catalisador de todos os sentidos, é dor, e simultaneamente amor.

Poeta Mauro Rocha disse...

Ola! Obrigado pela visitae comentário, e vou lhe confessar, o poema "Dia de Prova" foi feito depois de fazer uma prova de concurso e estava esperando para se liberado e levar a prova, mas na prova havia uma frase do Jose saramago que dizia: "Preciso indagar que diabos estou fazendo aqui, na vida, na sociedade e na história." e ao ler essa frase fiquei a me perguntar que diabos estava eu fazendo aqui, enfim, acabei fazendo um poema com perguntas,srssr, achei que ficou bom,sei que não vou responder todas as perguntas, mas alguma coisa já respondi.Tenha um ótimo fim de semana e Beijos!!

Memória de Elefante disse...

Volto só para complementar, dizer que a tua citação com a foto, expressa o olhar de extrema sensibilidade para captar o sentimento e expressá-lo.

Um Dia Bom...Beijo

Cris Animal disse...

Ah Paula! Isso me lembrou o sacrifício dos animais!
A fila do abate...
Desculpa, mas foi o que bateu aqui na alma lendo essa frase tão forte e tão urgente.

beijo pra vc!

myra disse...

otima foto! AH1 Cabo Frio, que lindos dias ali passei.....
beijos, minha querida,

Franzé Oliveira disse...

Os fortes não tem vergonha de sonhar.

Bjos menina.

Daniel Savio disse...

Até pode chorar, mas desistir nunca...

Fique com Deus, menina Paula.
Um abraço.

poetaeusou . . . disse...

*
cabo frio
ardente o canhão . . .
,
brisas serenas, deixo,
,
*

Jardineiro de Plantão disse...

Fazendo graça....

Se refere ao velho canhão que a ferrugem vai abatendo no tempo.... rssss

Mesmo dorido... me dá vontade de sorrir...

Mas graças à parte o enquadramento é belíssimo.

Abraço... forte abraço.
Carlos

mfc disse...

... a memória de tempos distantes!

Fabiano Mayrink disse...

certamente, mesmo a os mais fortes e mais temiveis, tem alma e mesmo eles nao querendo ela grita por dentro...

Fabiano Mayrink disse...

ps: otimo fim de semana!

Cris Tarcia disse...

A foto é linda, quem não trem na hora do aperto

Um abraço e um lindo final de semana