segunda-feira, 26 de outubro de 2009



Mais um ano....


Nascemos e choramos. Aprendemos a engatinhar, a falar, a andar, aprendemos muitas coisas aparentemente desnecessárias, e deixamos de aprender o essencial, aprendemos a beijar, a namorar, aprendemos a nos dar, aprendemos a receber, aprendemos a conquistar, aprendemos a querer............e vamos pela vida tentando aprender.



Mais um ano....



Aprendemos a desaprender. E vamos tentando aprender a falar menos e ouvir mais. Aprendemos que muito do que aprendemos não nos serve mais. Aprendemos que fizemos muitas coisas erradas e que não adianta ficar remoendo. Aprendemos a cair e levantar. Aprendemos a perder, e voltar a conquistar.............e vamos pela vida tentando desaprender.


Mais um ano....

 

Aprendemos que ainda estamos aprendendo. Aprendendo a engatinhar nas emoções. Aprendendo a caminhar com os nossos próprios pés. Aprendendo a ter nossa própria opinião. Aprendendo a ser. Aprendendo a se ver com outros olhos. Aprendendo a selecionar o que escuta. Aprendendo a lidar com a gente mesmo. Aprendendo a nos ensinar o que nos serve na vida.........e vamos pela vida desaprendendo o muito que pensamos ser.



Mais um ano.....


E tantos anos se passaram......e tentamos achar a criança espontânea que um dia fomos, e fazer amadurecer a criança que ainda tem medos, e que tem inseguranças, e que não cresceu emocionalmente quanto já era para ter crescido.........e vamos pela vida tentando aprender a viver com a gente mesmo.



Mais um ano.....

E estamos mais velhos. E dizemos que ganhamos experiência. E tentamos olhar a vida diferente. ......e vamos pela vida tentando encontrar significados para muitas coisa da vida, e fazer a vida ter significados............e vamos pela vida renascendo a cada dia.....aprendendo a chorar e a sorrir.




Mais um ano....

24 comentários:

Gilson disse...

Paula

Muito lindo mesmo, é assim mesmo que ocorre, vão se passando os anos e tantas coisas temos que aprender. Muito bom.

Abraços

Jardineiro de Plantão disse...

Afinal não existiu engano da data... Depois e só depois... me lembrei de passar por aqui, para ver se encontrava uma ponta que me levasse até ao final do fio... nem foi preciso procurar, para encontrar a experiência que algumas pequeninas e quase imperceptíveis dobras do tempo demonstram...
Parabéns a Você Paula,

Beijo

A Magia da Noite disse...

...que nos separa do passado e nos impele em direcção ao futuro.

Daniel Savio disse...

Eu diria parabéns (pelo menos penso que sim)...

Bom texto para aplicar na vida.

Fique com Deus, menina Paula.
Um abraço.

(Carlos Soares) disse...

Lindo e importante. A vida é um eterno aprendizado.Parabéns.beijos

Memória de Elefante disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Everson Russo disse...

Lindo todos esses ciclos que passamos por eles, aqui eu fiquei imaginando voce, aquele bloquinho, aquela caneta vermelha, ao menos aqui era, e anotando a cada passo dessa vida descrita, é isso mesmo, penso que a cada segundo que nos escorre pelas mãos é um aprendizado, um dia, uma noite, um dia vencemos no outro perdemos, um dia amamos no outre nem tanto, um dia tem sol no outro chuva, silencio, barulho, tombos e erguidas, subidas e descidas, sorrisos e lagrimas, vivemos e viveremos sempre com esses turbilões de emoções que são nossos combustiveis de vida, e o mais gosotos, o mais legal disso tudo, é fazer o que voce fez, sentar, pensar e escrever tudo isso, assim, como se tivesse sido simples, facil...tranquilo, sereno, lendo seu post me passou a vida pela cabeça, desde pequeno, os primeiros dias na escola, ai que vontade de ir embora, o primeiro amor, como me fez bem, como me fez mal, sei lá, tudo....lindo, refelxivo...beijos menina e uma linda semana pra ti...

Everson Russo disse...

Claro que lembro de voce sim, desde o primeiro segundo, quando passei por voce na porta do shopping...rs..rs..rs...depois o papo, a caneta vermelha sim, o bloquinho, então sua caneta louca pintou o celular do seu amigo? rs..rs..rs..ele deve estar feliz...rs..rs...lembro do delicioso sotaque...rs..rs...e tambem do violão, disse eu a Elane sobre isso, amarelei na hora de tocar, tinha gente olhando e eu ainda não sou celebridade...rs..rs..rs...podia ao menos ter tocado um London London do Caetano que é facil...mas enfim,,,amarelei...rs..rs...beijos

Mai disse...

É amiga, mais um ano...Hoje é mais um dia e renovas teu 'passe' (sorriso). Com erros e acertos, você sabe ousar e viver então eu desejo que pises o chão deste dia, sem dores no calcanhar...
(te cuidaste?) e que consigas sorrir por tanto e tudo isto que viveste e aprendeste caminhando pelos mundos e mergulhando neste teu mundo.
Hoje é outro dia, amiga. Mas é um dia especial porque hoje é teu aniversário. (de minha filha também, lembra?)
E eu diria que bom, Paula, que eu pude te abraçar, te conhecer um pouco mais e sentir o tanto e o quantum de tua coragem, simplicidade e força.

Parabéns querida.
O que mais eu desejo para ti neste dia? Tudo o que for melhor para ti e desejo-te encontros mas também despedidas daquilo que possa te dar o que buscas nesta vida.

Feliz aniversário, Paula.
Seja feliz hoje e noutros dias.
Muito carinho e admiração,
Sueli

Demóstenes disse...

Parabéns!

Maria disse...

Não, não estamos mais velhos. Estamos mais sábios!!!

:)))

Parabéns, Paula!

Beijo enooooorme

Paulo Palavra disse...

é seu aniversário??
parabéns!!!

Ari Mota disse...

Parabens Poetisa

Suas palavras chegam da alma,que bom...maravilhoso.

Menina do Rio disse...

Vivendo, aprendendo e renascendo a cada ano. Sempre!
Parabéms, querida
Beijinhos e muitas felicidades em teu caminhar

myra disse...

vivendo, envelhecendo, mas com coraçao sempre jovem é meu desejo a todos, ( e a mim tbem :)
um grnde beijo , paula querida

Zek disse...

E assim é, vamos caminhando devagar, depois corremos até ficar sem ar, bom seria caminhar sem parar... afinal a gente corre mas depois descobre que tem que voltar... no inicio de tudo e recomeçar a caminhar.

Lindo teu poema Paulinha.

Beijos!!

Maria Dias disse...

Mais um ano que és abençoada com a vida.Com a chance de poder recomeçar e fazer de novo...Fazer diferente...De tentar ao menos.

Parabéns Paula deixo um abraço bem apertado e muitas mais muitas felicidades!

Beijos

Maria

Pedro Ivo disse...

Devo confessar que agora a minha paixão fez uma confusão em minha mente. Eu irei desfaze-la com o fato de ela não ter colocado uma observação alertando que não era aniversário.

Eu nunca fui muito bom em desejar nada pra ninguém, então eu aprendi a desejar a seguinte coisa: que tudos os seus sonhos se realizem.


Beijos.

Ps. Se não for seu niver, parabéns pelo texto.

Rs.

Layara disse...

...Paulinha...esse texto ficou divino, a vida passando na mente enquanto lemos....perfeito...

beijos de Luz!

Opuntia disse...

A vida é um constante aprendizado.


Bjus

Tata disse...

Paula,
PARABÉNS!!!!!!

BJINHOS

Betho disse...

Parabens PAULINHA...
Atrasado mas é de coração...Adoro vc menina!
Beijão
Betho

O Sibarita disse...

É, mais um ano e nada né? kkkkkkkkk

Palavras vão, palavras vem... o ano se passa e cadê? kkk

O horizonte e os ventos sempre sopram para o sul, nordeste que é bom? Babau! kkkkkkkk

bjs
O Sibarita

mfc disse...

Os amigos nunca chegam tarde... sempre chegam!
Muitos e muitos parabéns e um tchim... tchim... bem saboroso.