domingo, 3 de janeiro de 2010



Foto: Recife-dez/09



No meio do caminho
Foi largada
Trilhos de silêncio
Que não levam a lugar nenhum

01.01.10


20 comentários:

Memória de Elefante disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Nanda Assis disse...

isso é o mais triste de caminhar.

bjosss...

tossan® disse...

Aqui levam sim...Volte que te mostro onde. É só uma variante minha viu? Adorei a foto e o texto moça talentosa. Beijo

Anônimo disse...

A gente sempre encontra anjos pelo caminho, não é?!

Obrigada.

Maria disse...

Quem sabe se mais adiante no trilho não se encontra um lugar...

Um beijo, Paula

Ivan disse...

Tadinha da folhinha... largaram-na só porque está seca, velha, não é mais verde, viçosa e brilhante.

myra disse...

adoreiiiiiiiiiiiiiiii!!!!! vai encontrar coisas lindas....beijos

Pedro disse...

Talvez ela ainda não saiba, mas trilhos sempre levam a algum lugar...

Karl d'Jo Menestrel disse...

Envelhecimento, solidão, caminhos indefinidos, tristeza.
Será que neste domingo, existe uma tão grande angustia, que não deixe o Sol brilhar em sua janela?

Abraço fraterno

Everson Russo disse...

Grite, solte da garganta o que estiver preso, pegue flores no jardim e joguem petalas nesse caminho, refaça, traduza, busque a paz, ou porque não, siga sem rumo, o amor tambem anda perdido pelo mundo....beijos na alma e uma linda semana pra ti....

viu a sintonia, hoje eu postei um mini texto...voce tambem...rs..rs..rs....

Mai disse...

Gostei da luz dourada, Paula.
Trilhos e trilhas sempre levarão a qualquer lugar, mesmo que sejam só lembranças.

Beijos, amiga.

Daniel Savio disse...

Contudo, ficar parado também não vai levar a lugar nenhum...

Fique com Deus, menina Paula.
Um abraço.

Ana Cristina Cattete Quevedo disse...

A parte mais dificil da caminhada é andar quando o silencio da Vida nos paraliza.
Mas como não dá pra parar o tempo...é levantar e escutar os gritos da alma (essa sim, nunca se cala)

Fica na paz, Paula.
Deus te ilumine.

HSLO disse...

Eu sempre acredito que vou encontrar os trilhos, por mais que sejam dificeis .

Memória de Elefante disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Memória de Elefante disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
O Sibarita disse...

Pensa assim é? kkkkkk Oi que leva!

Sei não, viu? kkkkkkkkk

bjs
O Sibarita

Juliane S. Rocha disse...

De pequenos momentos de silêncio,
que trago a mim, grandes reflexõs e mi retiram da monotomia do vazio.
Bem tocante, gostei muito...
Beijos"

Vera Costa disse...

Obrigada pela visita menina. Adorei o que li no seu blog. Mil beijocas de Feliz Ano Novo.

Jéssica V. Amâncio disse...

belo