domingo, 3 de janeiro de 2010





Vejo furos na minha barriga. Um furo ali, outro acolá. Imagino que minha barriga poderia se transformar num campo lavrado para plantar flores. Tornaria um campo alado de pensamentos que brotam flores.

No umbigo, ali, central, o centro da vida, plantaria a mais bela. Só para você.

Seria uma flor alimentada por mim, para crescer forte e bela. Para você, só para você.

 






20 comentários:

paula barros disse...

A série silêncio de vez em quando vai ser intercalada com outros escritos.
Obrigada a vocês por caminharem comigo.
beijo

@philipsouza disse...

Paulinha que isso hein?Para mi suou como um acorda...tipo so depende de nos mesmos para que essas flores cresçam firmes e fortes nesse jardim da vida.....dor para que quando se temos muito aqui para alcançar...

bjao minha amiga..2010 começou

O Sibarita disse...

Rrraapaazzz... kkkk Oi que porreta! E, é, é? Aiaiaiaai... kkkkk

Ô delicia!

Dona moça, bom demais! kkkkk

A leveza do texto no tudo escancarado do querer faz o pensamento voar, viu? kkkkkkkk

bjs

O Sibarita

Memória de Elefante disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Elcio Tuiribepi disse...

Oi Paula...caracole, por um acaso derrubaram aí por essas bandas um caminhão de poemas, enquanto eu faço um você vem com três ou quatro, isso é o que podemos chamar de produção em alta escala...
O mais legal é que com qualidade, não é fácil fazer isso não...
Sorte a sua e de quem passa por aqui...Fico imaginando nascer flores na barriga como seria? No umbigo dá até para regar com água...rs...
Legal a idéia, diferente...que a inspiração te continue presente...
Um abraço na alma...bjo

Jardineiro de Plantão disse...

Texto lindo de ler, que mostra uma total entrega.
Diria mesmo...que é exuberantemente belo.

Beijo de amizade fraterna

Unseen Rajasthan disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Armindo C. Alves disse...

Paula
O seu blog transborda de sensíbilidade. os poemas são bonitos, sentidos e muito directos. É bom "navegar" e sonhar por aqui.
Que bom o seu umbigo já ter uma rosa crescendo. Breve será um jardim.
Voltarei.
Bom Ano 2010.
Beijinho.

(Obrigado pela visita e comentário.)

Juliane S. Rocha disse...

Amei a sensibilidade
Que está flor seja muito valorizada.

Beijos...

Estou seguindo.

Pedro disse...

Me lembrou Beleza Americana isso...

Gilson disse...

Fantástico, pura sensibilidade e pureza. Grande início de ano.

Abs

Vera Costa disse...

Deveria ser probido "navegar" em seu Blog. Tanta coisa linda de se ler...e as horas passam...e mais coisas nos encantam...e a casa vai ficando de pernas para o ar,rsss. Beijos menina talentosa.

Everson Russo disse...

Eu caminharei sempre contigo, por todos os jardins, por todas as madrugadas e por todas as flores, estarei como um jardineiro a cultivar essa flor, esse sonho, essa paz que só sua poesia tem...beijos e linda semana pra ti.

Daniel Savio disse...

Bem, filhos nascem perto do umbigo, de certa forma, eles são flores...

Fique com Deus, menina Paula Barros.
Um abraço.

Maria Dias disse...

Literalmente uma viagem e enquanto puder estarei partilhando da viagem contigo!E por falar em flores, tenho postagem nova no Ofertando,te espero por lá!

Beijinhos

Maria

Tatiana disse...

Adorei!
Que essa flor seja cultivada, cuidada e alimentada com o melhor que há em você!

Beijos com o meu carinho

Everson Russo disse...

Voltei pra pegar essa rosa,,,,pode? rs..rs..rs..um beijo querida e uma linda segunda,,,percebeu que a madrugada foi longa né? to destrambelhado outra vez....

myra disse...

que beleza!!!!!!!uma verdadeira super beleza, tudo!!!!!
beijos,

AFRICA EM POESIA disse...

Vim deixar votos de bom ano novo




NOVO ANO



Novo Ano
Nova Vida
Nova Esperança ...
Novo Recomeçar ...

E neste Ano

Eu quero
Nova Vida
Nova Esperança
Novo Renascer ...

Com a certeza
Que se quisermos
Podemos fazer
Deste Ano ...

Um Ano Novo
Um Ano Melhor! ...

LILI LARANJO

walter disse...

Paula,

Duas coisas: Belo, Sublime...

Ps: Paula, quando sai um livro?

Abraço de sempre