quarta-feira, 21 de abril de 2010

Brasília - 50 anos - Um pouco do muito que vi e vivi e senti....







21 de Abril – Aniversário de Brasília - 50 anos.
Faz um ano que estava lá. Acolhida por uma linda família.
Poderia escrever muitas coisas sobre Brasília, dos seus problemas políticos, econômicos, sociais. Das suas belezas. Mas falar dela é falar de sonhos.

Ela surgiu de um sonho. Alguém um dia sonhou, imaginou, acreditou que era possível. A partir de um sonhador, outros sonhadores foram idealizando, projetando, planejando, construindo.

Todas as cidades teem sonhadores, mas Brasília é a materialização de um sonho. Em todos os lugares existe gente, mas Brasília foi construída por pessoas que acreditavam em sonhos. Acreditou naquele sonho, acreditou num futuro, numa vida diferente.

Em cada obra, tem suor, lágrimas, sorrisos, sonhos, tem a vida daqueles que deixaram vidas para trás, para sonhar e construir sonhos. Brasília é a certeza que o homem pensa o futuro. Constrói no presente, mas se agarra no futuro para existir. Os filósofos, me perdoem, podem até continuar filosofando, mas o homem é um sonhador, e sonhar é pensar no futuro. É se projetar, para continuar vivendo um presente, que nem sempre é tão presente.

Brasília, é muito mais que sonhar é a certeza que se deve acreditar, ousar, arriscar, planejar, projetar e fazer o sonho acontecer. Com ônus (e nessa história tem muitos) e bônus.

O homem, muitos já disseram, não existe sem sonhos. Mesmo que muitos sonhos não aconteçam. Se os sonhos crescem demais, se as dívidas internas e externas se desgovernam. Há de ter valido a pena sonhar e realizar. Falar em sonho é falar dos pós e contras, e não é diferente comigo, nem com esta cidade. Mas Brasília é sem dúvidas, o sonho concreto, o sonho que se realizou.

24 comentários:

Daniel Savio disse...

Já tem tanto assim a tua viagem a Brasilia...

Fique com Deus, menina Paula Barros.
Um abraço.

Memória de Elefante disse...

Paula!
A nossa vida é quase toda um sonho, e sonhamos acordados mais vezes do que dormindo.

Acreditar num sonho e torná-lo visivel, real, palpável,é sempre uma grande conquista e tu o conseguiste!Parabéns!

Belas fotos, como sempre!

Um beijo

myra disse...

que bom minha querida Paula, que agora Brasilia està relamente como aquele sonho de anos atràs, pqe qdo eu estive là, na inauguraòao, so tinha as obras de Oscar Niemeyer, que estavam, infelizmente mto mal, pareciam ruinas modernas, e muito poeira que nos entravam por todos os lados. mas depois vieram as casas, e a agua!!! foi uma epoca para mim, mto interessante, o tal Congresso aonde participaram arquitetos, escultores, etc,eu nao pimtava ainda, apenas tinha començado, so para mim...fui chamada como interprete pelo Mario Pedrosa, um grande homem...
as fotos sao lindas, e estou bem contente que tudo se arrumou, apesar de mtos problemas dos quais vc. tbem fala,
beijos e um bom dia pr'à voce!

Maria Dias disse...

Não conheço Brasilia e nunca tive vontade de conhece-la mas hoje eu deixo a vida me levar e tenho tido boas surpresas com isso. Aprendi q não posso julgar o q não conheço.Vendo Brasilia com teus olhos e escrita fiquei curiosa...Se um dia a minha estrada me levar até lá, vou tb absorver tudo q puder pq a vida é assi,ela é feita de Momentos.
E viva Brasilia uma cidade q nasceu do desejo, dos sonhos de alguém!

Jacinta Dantas disse...

Oi Paula,
gosto do destaque que você dá, nesse texto, à necessidade de sonhar. Por vezes penso que estamos perdendo essa capacidade e, sonhar é fundamental para o nosso crescimento.

É...
Brasísilia eu só conheço do ouvir dizer. Nunca estive lá. Mas, é chique demais saber que uma cidade foi sonhada, projetada e idealizada.
Bjs e bom feriado.

Ilaine disse...

Oi, Paula!

Conheci Brasília em janeiro deste ano e também gostei muito.É diferente, muito ampla e organizada.Quero voltar para conhecê-la melhor... Beijo!

Everson Russo disse...

Vivemos e nos alimentamos dos sonhos que construimos pelas estradas da vida...lindas as fotos,,,eu nao conheço Brasilia,,,,um dia quem sabe,,,,o problema lá são os politicos,,,um beijo de lindo feriado pra ti....

C@urosa disse...

Olá minha querida amiga Paula Barros, essa cidade é realmente encantadora. Meu vinculo é maior ainda, pois meu filho lá estudou, morou e retornará. Parabéns para a nossa capital e para você que postou tão lindas imagens fotográficas.

paz e harmonia,

forte abraço

C@urosa

A.S. disse...

Paula...

FANTÁSTICAS IMAGENS!!!

BeijOOO
AL

Opuntia disse...

Suas fotos mostram o quanto a cidade é deslumbrante, e seu texto mostra que é possível concretizar (no sentido pleno da palavra)um sonho.

Bjos

Lídia Borges disse...

[...]
"Eles não sabem, nem sonham,
que o sonho comanda a vida
Que sempre que um homem sonha
o mundo pula e avança
como bola colorida
entre as mãos de uma criança".

Lindas, as imagens!

Um beijo

EDER RIBEIRO disse...

É um sonho que permaneçe para que outros sonhos realizáveis em Brasília, somente em Brasília, um dia se torna ralidade como a própria cidade se tornou. Bjos.

Everson Russo disse...

Uma excelente quinta feira pra ti ....beijos carinhosos de amizade.

João Videira Santos disse...

Sou suspeitissimo...Adoro Brasilia,pelos amigos,pela arquitectura de Niemeyer.Foi lá que editei o meu ultimo livro, foi lá que há meses expus um dos meus ultimos trabalhos.Brasilia é,sem duvida,uma cidade fantástica! Vale a pena visitá-la!

Iana disse...

Doce amiga

Tanto tempo sem cá aparecer, sentia saudades de ler as suas escritas...

As saudades dos amigos que guardo no coração como um lindo jardim em flor, é assim que guardo os amigos que amo...

Um grande beijo doce amiga
abraços da rosa amiga
Iana!!!

Espaço Aberto disse...

Uma bela homenagem a belíssima capital do nosso país!
______________________________

É com imenso prazer que chegamos até a sua casa e convidamos você a fazer parte do Espaço Aberto – Um blog para todos! Lá você em breve encontrará proposta para postagens coletivas (Tem uma ótima que já está pronta para ir ao ar!), sorteio de brindes, entrevistas, publicações dos mais diversos assuntos, enfim você não pode ficar de fora. Venha participar!

João do Amor disse...

Oi Paula, estou chegando do trabalho agora. Tentei ver um filme: "Os coletores" com Jude Law e Alice Braga, mas não tive paciência. Vim pro computador e encontrei seu readinho maravilhoso. Palavras simples e belas. Fiquei muito feliz e com muita vontade de agradecer a sua compreensão aos meus sentimentos. Quero sinta-se sempre à vontade lá em minha página porque o meu desabafo é pra ser lido por todos que tem coração bonito e sincero.
Obrigado, viu.
Quero te seguir. Vou te seguir porque adorei seu blog.
Fica com Deus.

Jardineiro de Plantão disse...


Pedra Filosofal


Eles não sabem que o sonho
é uma constante da vida
tão concreta e definida
como outra coisa qualquer,
como esta pedra cinzenta
em que me sento e descanso,
como este ribeiro manso
em serenos sobressaltos,
como estes pinheiros altos
que em verde e oiro se agitam,
como estas aves que gritam
em bebedeiras de azul.

eles não sabem que o sonho
é vinho, é espuma, é fermento,
bichinho álacre e sedento,
de focinho pontiagudo,
que fossa através de tudo
num perpétuo movimento.

Eles não sabem que o sonho
é tela, é cor, é pincel,
base, fuste, capitel,
arco em ogiva, vitral,
pináculo de catedral,
contraponto, sinfonia,
máscara grega, magia,
que é retorta de alquimista,
mapa do mundo distante,
rosa-dos-ventos, Infante,
caravela quinhentista,
que é cabo da Boa Esperança,
ouro, canela, marfim,
florete de espadachim,
bastidor, passo de dança,
Colombina e Arlequim,
passarola voadora,
pára-raios, locomotiva,
barco de proa festiva,
alto-forno, geradora,
cisão do átomo, radar,
ultra-som, televisão,
desembarque em foguetão
na superfície lunar.

Eles não sabem, nem sonham,
que o sonho comanda a vida,
que sempre que um homem sonha
o mundo pula e avança
como bola colorida
entre as mãos de uma criança.


António Gedeâo
In Movimento Perpétuo, 1956


Sonhar trás sempre encanto, tornar um sonho realidade é um momento supremo, que advém das capacidades que cada um tem, em se superar a si mesmo.

Abraço, envolvido com um até já....

Everson Russo disse...

Bom dia minha querida amiga,,,venho deixar meu mais carinhoso beijo pra desejar um lindo final de semana cheio de carinho e paz.

Mai disse...

Sonhou, acreditou e realizou.
E sua viagem à Brasília foi algo assim de sonhar, viajar em sonhos e ousar viajar. Ai está o registro em fotografia. Em tua memória os registros inenarráveis estarão guardados para sempre.

Beijos, querida.

Ana Cristina Cattete Quevedo disse...

Paula, que linda hoemnagem!
Espero um dia visitar Brasilia...mas por enquanto fico só sonhando com as fotos :)

Beijo

Le Vautour disse...

A cidade é linda. Ah, os lagos, os prédios, o planejamento original (ainda que não mais integralmente cumprido)... o que a estraga são as pessoas, aquelas que se dizem nossas representantes. Acho.
Abração de duas asas!

Blue disse...

Faz tempo, muito tempo. Mas um dos lugares que gostei foi da Igreja Dom Bosco. Será o AZUL dela?

Beijos

Cynthia Lopes disse...

Eu compreendo que Brasília seja o sonho de alguns, mas eu vivi quase dois anos em Brasília, quando criança e realmente a experiência foi péssima. Eu vejo Brasília como um monumento ao poder, não gosto das edificações monumentais cuja escala humana se perde na paisagem. Agora uma coisa eu jamais esqueci, da igreja Dom Bosco, cujo azul me animava e me pacificava, me ajudando a seguir vivendo num lugar do qual eu não gostava e não me adaptava.
abs.