sexta-feira, 23 de abril de 2010


Solto sonhos no ar

Para empinar a vida

41 comentários:

FERNANDINHA & POEMAS disse...

QUERIDA PAULA, BELÍSSIMA POSTAGEM... SIMPLESMENTE SUBLIME...ABRAÇOS DE CARINHO E AMIZADE,
FERNANDINHA

Mai disse...

E simples assim como olhar uma pipa de seda tremulando no ar, você me fez sorrir.
beijos, amiga.

Impasse Livre disse...

a pipa as vezes parece simples, mas de tão lúdica a imagem no seu blog, me fez viajar no ceú de brigadeiro que se escondia por trás dela. show paulinha...aparece, menina!

Luiz Caio disse...

Oi Paula, Bom dia!

A vida são sementes que semeamos,
e o destino é em sua maior parte, constituidos dos frutos de tudo aquilo que plantamos... Há frutos amargos e há frutos doces, depende do que cada um plantar... Há também o que não depende de nós!

TENHA UM LINDO FINAL DE SEMANA!

Beijos

Robson Schneider disse...

Paula! vc não imagina como me fez bem
essa postagem... obrigadão querida!
Bjo

LOURO disse...

Olá Paula!
Belo pensamento!!!

Bom fim de semana,
Beijnhos de carinho e amizade,
Lourenço

myra disse...

linda imagem, veio me alegrar o dia que aqui esta horrivel, chuva, chove sem parar, como cantava a Elis Regina...

beijos enormes ,sabe no Rio de janeiro qdo a minha filhae meus sobrinhos eram crianças, eu ia com eles na praia a lançar pipas! que saudades....

Maria disse...

Quantos de nós andamos, e continuamos a andar, a tentar empinar a vida...
Não desistir, é o que sempre digo.

Beijo, Paula.

Fabrício Santiago disse...

Olá, desculpe invadir seu espaço assim sem avisar. Meu nome é Fabrício e cheguei até vc através do Blog O Livro dos Dois Dias do Everton Russo, cuja literatura adoro. Bom, tanta ousadia minha é para convidar vc pra seguir meu blog Narroterapia. Divulgar é preciso! Quem escreve precisa de outro alguém do outro lado, além sinceramente gostei do seu comentário e do comentário de outras pessoas. Estou me aprimorando, e com os comentários sinceros posso me nortear melhor. Dei uma linda no seu texto, vou continuar passando por aqui...rs



Narroterapia:

Uma terapia pra quem gosta de escrever. Assim é a narroterapia. São narrativas de fatos e sentimentos. Palavras sem nome, tímidas, nunca saíram de dentro, sempre morreram na garganta. Palavras com almas de puta que pelo menos enrubescem como as prostitutas de Doistoéviski, certamente um alívio para o pensamento, o mais arisco dos animais.


Espero que vc aceite meu convite e siga meu blog, será um prazer ver seu rosto ali.


Abraços

http://narroterapia.blogspot.com/

Espaço Aberto disse...

Sonhar é tão importante quanto viver!
Ficou show a postagem!

____________________________
Para iniciarmos as postagens e tornar o nosso blog mais conhecido, nossa primeira interação com os amigos será uma Postagem Coletiva. Venha participar!

Uelton Gomes disse...

Sonhos não tem limites, sonhar alto é preciso para dar um sentido á vida.

abraços

Eurico disse...

Que belo poemeto!
E que linda foto!

Abraço, amiga!

Jardineiro de Plantão disse...

Todos soltamos sonhos, construímos castelos no ar... por vezes quando se realizam, encontramos uma satisfação inusitada.

Pequeno pensamento… mas de dimensão extraordinária

Abraços

EDER RIBEIRO disse...

Estou lendo O caçador de pipa e vir aqui encontrar esta doçura é um encanto só.

Maria Dias disse...

É bom sentir o vento batendo no rosto não?rs...Isso tem gosto de liberdade!

Beijinhos!

Daniel Savio disse...

Ficou bonito a foto, principalmente o riso da vida...

Fique com Deus, menina Paula Barros.
Um abraço.

Anônimo disse...

Sabe-se lá viver, é bem assim, no vento,sabe-se lá onde vamos cair..
Sonhar

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga Paula.

Hoje a minha visita é para agradecer.
Nestes dias que celebro a minha vida,
tenho certeza de que a mesma
não teria o brilho de hoje,
se não fossem os amigos e amigas
que a tornam valiosa
mesmo que distantes.

A ti gostaria de dizer obrigado:
Obrigado pelas visitas ao meu blog.
Obrigado pelas palavras semeadas.
Obrigado por sentir os meus textos
com os olhos do coração.

Sou eternamente grato a vida,
por mais estes presentes
que de modo gentil
deixas em minha vida,
fazendo de mim uma pessoa melhor,
e pleno de felicidade.

Lindos dias de vida para ti.

Vilminha disse...

olá amiga, passando pra desejar um ótimo final de semana, na paz e no amor de Deus. Bjs

Vivian disse...

...simplesmente lindo!

um beijo, bonita!

Rafael Castellar das Neves disse...

Muito bom! e é isso mesmo...sonhos para a vida...vida sem sonho é prisão...roteiro...

[]s

Robson Schneider disse...

Voltei pra ver a pipinha sorridente!
Bom final de semana Paula!

myra disse...

agradeço tuas palavras, e te mando mtos beijos para um bom fim de semana,

Dona Sra. Urtigão disse...

LINDO!!!!

Everson Russo disse...

Eu queria ser assim, livre de mim, poder soltar o sonho e sonhar,,,poder dar linha e asas a imaginação e naõ pensar no amor com dor,,,divagar no infinito,,,me perder, me encontrar,,,voltar,,,correr, voar,,sentir,,,,deixar ficar....um beijo de lindo sabado pra ti.

Espaço Aberto disse...

Oi Paula...quem tirou esta foto foi você?
Se foi, foi sem querer essa nuvem aí?
Assim que bati o olho e vi a carinha no lugar certo...
Um cachorro...duas patas dianteiras, pata traseira e o rabo...
Basta deitar o rosto um pouco para o lado esquerdo e fica fácil visualizar...
Carambaaa...a rabiola ainda pode fazer papel de uma corrente...
Com duas frases...deu seu recado...
Um abraço na alma...bjo...te aguardamos lá no Espaço Aberto...

Le Vautour disse...

Ô, delícia...
Abração!

seu gordo disse...

acho q e assim q deve ser mesmo rsrsr bom final de semana p vc fica na paz

João do Amor disse...

Oi Paulinha, Bom dia.
Acordei agora. Estou de folga do trabalho. Parece um sonho passar um domingo em casa. Estou feliz. Vou ao cinema com o meu Huguinho (meu filho de 5 anos)...
Vendo a foto dessa pipa voando no céu azul fiquei tão emocionado. Ela parece solitária igual a mim "caminhando" por lugares tão bonitos, mas sozinha. Sinto-me assim sabe. Acho que foi isso que me fez pensar um pouco. E ao mesmo tempo percebi que ela está cada vez mais subindo em direção ao horizonte talvez buscando a liberdade... Amei a postagem.
Beijos Paulinha.


João do Amor - Natal - RN.

João do Amor disse...

A foto do meu blog foi eu que tirei. É da praia de São Miguel do Gostoso para onde meu irmão foi. Temos uma casa lá bem pertinho da praia.
Beijos.

Rodolfo de Sá Cavalcanti disse...

Voando com Pipas
Ah, sua foro me remeteu ao meu tempo de criança. Tinha febre de fazer pipas - na mina época, "papagaios". Pela manhã, saíamos, eu e alguns amigos, caminhado a pé para uma campina atrás da fábrica da Tacaruna, para colhermos "barba de bode", uma haste flexível de madeira que também servia para fazer gaiolas para "criar (?) passarinhos. A segunda etapa da empreitada, ir ao Mercado da Encruzilhada comprar o "papel de seda", de várias cores. Cola de maizena e água e linha numero "zero" completavam a matéria prima da criação do objeto voador. Mas a grande arte era a montagem da "pipa", digo melhor, do "papagaio". Combinar as cores do papel de seda com a "engenharia" do corte do papel para fazer o desenho do papagaio. Montar o esqueleto usando a barba de bode em cruz amarrando o artefato, era delicioso. Colar o papel já montado feito um caleidoscópio, era uma arte onde Francisco e Paulo Moura eram mestres, e eu, o aluno. Finalmente, fazer a “rabada” ou “rabo”, cuja extensão metricamente calculada, era responsável pelo equilíbrio do vôo. Após a secagem das partes, montagem da linha de empinar. Dois carretéis de linha numero zero era o mínimo que se precisava para colocá-lo a uma altura de 30 metros.
O grande momento: empinar o papagaio. Exigia estratégias: local, velocidade do vento, área de vôo livre sem os fios de eletricidade. Num terreno baldio da Rua da Coragem, no bairro da Encruzilhada, realizamos nosso sonho de voar sem estar suspenso, através do papagaio. Dominamos as técnicas de vôos: levantar (empinar), “descair” para esquerda ou direita e até “guerriar” - era assim que pronunciáramos - com outros empinadores de papagaios.
Lembro ainda de nossa maior obra: um artefato construído com uma haste de madeira 3 metros por 1, 5 de “asa”. As amarrações foram feitas com corda fina para agüentar a pressão. Forrado com papel de embrulhar carne e cortados em tiras amarradas umas na outra com tecido de dois vestidos “capturados” de nossas mães. A linha de soltar o papagaio eram duas cordas emendadas e enroladas em um pedaço de cabo de vassoura. Levantou vôo a quatro mãos, eu e Francisco de Paula Moura, no “campo da Marinha”, no istímo de Recife e Olinda, hoje Parque Memorial Arcoverde. Nunca esqueci estes momentos: quarenta e cinco anos depois estou aqui relembrando por causa da foto de Paula. Quem bom!!!

Everson Russo disse...

Por esse post,,,eu escrevi um texto,,,vamos ver no controle de qualidade do Livro,,,se ele passa e se será publicado...rs..rs..rs...tenho que ter coragem......beijos de linda semana pra ti.

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

Curto demais propaganda, principalmente se existir criatividade na hora de encantar com amor. Essa além de maravilhosa é envolvente...

Assista com amor, espero que goste:

http://www.youtube.com/watch?v=ensckApupW0&feature=player_embedded

Beijo imenso, menina linda.

Rebeca

-

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

Do jeito que amo fotos, amei essa.

Outro beijo.

Rebeca

-

Nanda Assis disse...

amei essa frase!! vc é demais!!!

boa semana.

bjosss...

.
..................,%%%%%%,
................,%%/\%%/\%%,
...............%%%\c"". J/%%,
...............%%%/ o. o.\%%
...`%%.......%%%.._..|%%
. `%%......`%%(__Y__)%%'
...../../....... ;%%`\. /%%,'
... (..(...... / `%%%%%'
.....\..\..... .. '...........|
......\..\../....\........|..|
...... \..\/..... )...... |..|
........\....... /_...... |..|_
.......(______).).).).).).)

Everson Russo disse...

Um beijo de linda semana pra ti.....

Tatiana disse...

Essa liberdade de dar asas ao viver é o que nos faz fluir com leveza por essa vida!

Tenha uma ótima semana, Paula!

Um beijo carinhoso

prafrente disse...

solte sempre seus sonhos para que eles sigam seu caminho...mas nunca os perca de vista...ás vezes precisamos de corrigir alguns erros de trajetória...se eu não tivesse sonhos já teria desistido de viver...

Beijo de Portugal

Jardineiro de Plantão disse...

Essa Pipa Brasileira ou Papagaio Português, está como eu... preso por um fio.

Amanhã por esta hora, já dei o pulo...rssss
Beijo fraterno

Blue disse...

Em oito palavras, disseste tudo. Pandorga queira ser também, para ao céu, as vezes poder chegar!

Beijos a você, Andarilha de belas fotos e "corretas" palavras.

Ilaine disse...

Sim, é preciso sonhar...
Muito bonito, Paula, palavras e imagem. Ficou super especial. Parabéns, menina, por tanta criatividade. Beijo