domingo, 13 de fevereiro de 2011




O pássaro voa lá fora
Brincando entre nuvens e raios de sol
Estou voando aqui dentro
O pensamento me dá asas
Me leva leve pelos ares
Atravesso o oceano
Pisando leve em suas águas

Vou, voo
Tenho asas feitos os pássaros
Pode ser inverno
Vejo flores, é primavera
Nuvens nubladas no céu
Sol acarinhando meu ser

Olho o Oceano Atlântico
Passeio pelo Rio Douro
É o pensamento de asas
Fui tão longe
Barca d’Alva, fui sem barca
Apenas embarco na emoção

Vinhas, pessegueiros, pés no chão
O rio a fazer manobras nas minhas margens
O pensamento me leva e não me traz
Respiro fundo
Salto da esteira rolante
Piso firme no solo verde e amarelo


Foto - Rio Douro - Portugal - 10

14 comentários:

Everson Russo disse...

Os pensamentos são como o amor,,,não tem limites no infinito,,,alçam voos como passaros e se perdem,,,,imenso beijo de boa semana pra ti.

epee disse...

A realidade. Dos sonhos e das fantasias. E a outra realidade. No peito, de dentro.

É possível! Claro que sim!




¬
Boa semana!

d'Alma disse...

Huuumm!!!!!!!!????!!!!!!.... Uma viagem interessante, o que pressupõe uma fonte Portuguesa, não menos interessante de um espírito Nortenho!... Interessante e... demasiado próximo!




Boa semana




Abraço

myra disse...

muito melhor os sonhos que a realidade...bem, para mim...
te querotanto bem, beijossssssss

EDER RIBEIRO disse...

Os pensamentos nos leva a mundos imagináveis. Bjos.

Benno disse...

o rio, o vôo dos pássaros são imagens inspiradoras e seu poema ficou lindo.
Quanto a eu separar meus posts, não o faço porque as pessoas em geral só lêem o último post, sendo você uma exceção ao ter comentado sempre as maioria dos textos.
Eu vou escrevendo, deixando o texto fluir, deixando um canal aberto para a imaginação e um texto chama o outro e assim por diante. Acabo deixando como está.
Vôo dentro da alma, admirado do vôo dos pássaros, do jeito que diz seu poema :)
Depois vou editando, encontro pequenos erros e vou corrigindo. Percebi vários erros de digitação depois que você leu e comentou. Inclui seu link no meu blog. Um beijo e ótima semana.

Maria Dias disse...

Os sonhos são assim...quando estamos no bem bom a gente acorda ou aterriza...MAS não cai...não se machuca...essas coisas ruins só acontecem nos pesadelos.

Torço para q vc possa sonhar novamente!RS...

BEIJINHO

Maria

mfc disse...

As fotos fazem jus ao teu lindo poema.
O Douro é lindo!

Vivian disse...

...Paula querida,

difícil tirar da cabeça
o que guardou o coração!

você sempre linda!

bjbjbj

walter disse...

"o pensamento me leva e não me traz"

fica, Paula... vai embora não, não tarda as andorinhas estão de volta e se fores a Primavera não terá tanta cor...

acorda não, Paula... deixa teu sonho andar por aqui, pulando por rios e vinhedos, por castelos e palácios, por aldeias brancas caiadas de silêncio...

abraços

walter

Nanda Assis disse...

que lindoo!!! seus poemas sempre dizem mais do q entendemos.

bjos...

Armindo C. Alves disse...

PAULA
Estava metendo a roupa na mochila, quando li a sua postagem. Curioso, amanhã cedo parto para o Douro Internacional, começando por Barca d'Alva.
Vou seguir o seu voo, respirar fundo e viver a natureza.
Se "pintar" ave eu envio.

Beijo.

Ilaine- disse...

O pensamento que nos dá asas e nos leva para tão longe... "Atravesso o oceano pisando leve em suas águas..." E eu também. Vou de carona em sua linda poesia. E que imagens impressionantes, Paula. Beijo

Daniel Savio disse...

Natureza, o melhor lugar para se conectar com a vida...

Fique com Deus, menina Paula Barros.
Um abraço.