sexta-feira, 18 de março de 2011



Março está caminhando a passos largos, passos apressados. Está tão quente. Nuvens paradas no céu. O sol escaldante cai sobre a terra. Em alto mar algo estranho, uma neblina em pleno meio dia de sol ardente encobre um navio que passa. Estou caminhando a passos miúdos, passos pesados, passos de aço, e não passos de março. Percebes? Já não voo como antes. Estou feito as nuvens, sem vento para me mover. Não estou brincando feito brinquei em Janeiro. Parecíamos que estávamos em veraneio em alguma praia do Nordeste, entre coqueiros e ventos que nos deixavam mais leves. Ou em alguma praia do Sudeste, sim, o Sudeste tem praias lindas. Você sabe, não é? Ah, via meus pensamentos correndo com o vento, soltos, brincavam feito uma pipa no céu azul. Naquele céu, azul celeste de tantas cores e ventos. Onde uma pipa sabe brincar....


10 comentários:

Blue disse...

O tempo passa, ou será que nós é que passamos por ele?
Quente? Pois olha, muito frio, pois até domingo ainda é verão...
Viu só, depende do ponto de vista e visto de onde se está no mapa...
As praias sim, lindas, gostosas em qualquer época do ano, que fique bem claro, aí no seu lindo Nordeste!
Deixemos pois, os navios zarparem, eles que vão navegar em alto mar!

Beijo

Everson Russo disse...

Tudo passa,,tudo caminha a passos largos,,,a vida é assim, o tempo é implacavel,,,se não aproveitarmos a poesia existente em cada momento,,,nãoe escreveremos nossa historia....grande beijo de bom final de semana...

Evanir disse...

Querida amiga realmente as praias do Nordeste são bélissimas .
Uma pena só conheço pela tv no litoral Paulista também tem prais lindas rsrs.
Eu moro em uma deles.
Um lindo dia amiga queridabeijos no coração,Evanir.
http://aviagem1.blogspot.com/
E
www.fonte-amor.zip.net

mfc disse...

Foi linda a forma como deixaste a imaginação e o sentimento se desenrolarem livremente neste lindo texto.

myra disse...

minha querida Paula, nao é tempo que passa nos é que passamos, e rapido demais...sim, céu azul e papagaios, lindo, oxalà o céu seja sempre azul para voce!!!!
beijos tantos!

Maria Dias disse...

Acho q nossa vida é assim mesmo ...As vezes estamos numa correria q parece que nem andamos com nossas pernas(o vento nos carrega)já em outros tempos, o vento nao sopra e ficamos estagnados ali paradinhos...
Fico aqui torcendo para o vento bater forte em vc!

Beijos e bom fim de semana

Maria

epee disse...

O melhor do voo é o pouso, Paula. No repouso d'asas, no aconchego da vida, no abrigo dos braços que enlaçam e confortam.

Usufrua o máximo desse passos 'não marços' que a levarão onde quiser... o rumo é certo.

¬

Rê Franco disse...

olá querida, anos se passaram e eu retornei, decidi voltar com meu blog. . .se vc se lembra de mim, visita lá... beiijos
www.rcfpensamentossoltos.blogspot.com

Ilaine disse...

Um texto como uma pipa: voa e voa. Você, feito nuvem, desenha estas formas lindas nessa tela. É o teu pensamento e tua emoção... algo maravilhoso que te faz levitar. Quanta poesia, Paula. Bonito, bonito! Beijo

Daniel Hiver disse...

Não fique sem ventos para te impulsionar. Eles são necessários para te levar até onde precisas chegar.
Feche os olhos; esqueça as neblinas e o calor escaldante. Pense na necessidade de se bater asas não apenas para voar; mas principalmente para continuar viva. Dezenas de marços novos ainda virão.