quarta-feira, 13 de abril de 2011




Hoje está tudo azul. O céu, o mar, os olhos, a alma. O sol apareceu, está brilhando. Abri a cortina, a janela, e deixei o vento me abraçar. Um vento bom. Um vento de céu azul, de sol refletindo no mar. Um vento vindo do mar, me causando ondas de lembranças. Um ar de liberdade. Os pássaros cantavam sorridentes. O meu amado bem-te-vi deu sinal de vida, cantava e de árvore em árvore voava feliz. Que alívio! Hoje bordo minha alma de azul. Adoro azul. Adoro!

15 comentários:

epee disse...

Então, um sorriso, azul, para você, Paula, na poesia que lava qualquer tristeza, ou saudade.

¬

Samaryna disse...

Amiga Paula, nada como o sol passando um limpador de parabrisa no céu para retirar as nuvens que nublavam o dia, a alma, o riso. Adoro o amarelo em todas as suas matizes. Deixo o meu afeto.

Andréia disse...

O Azul também é minha cor preferida..
Ela traz serenidade e paz ao coração...

Abraço

Maria disse...

Azul de céu e azul de mar... mas azul!
Gosto.

Beijo, Paula.

mfc disse...

Vês?! E não é que o azul volta sempre!
É só esperar um bocadinho.

Mariangela disse...

Paula, qdo uma nuvem negra toldar no azul da sua existência, lembre-se, que a nuvem passa e o azul do céu fica!
Muito bom, gostei muito!
Obrigada pelo que me escreveu! Abraços

Samaryna disse...

Paulinha, eu ri muito do teu comentário, quer dizer que ela se sente no açougue, essa foi demais, podemos ter a carne de segunda, só que a experiência que nós temos fazemos nossa carne ser sentida como de primeira... Meus Deus, o que eu tou dizendo... Rssssssss.

Blue disse...

Um céu de brigadeiro é tudo de bom, embora sabemos que dias de chuva também necessários são!
Mas quando a chuva não trégua e o sol custa a sair por entre as escuras nuvens, dá sim, uma dor na alma.
Que coisa boa um céu da cor do anil!

Beijos muitos Blue pra ti!

Armindo C. Alves disse...

O azul me alegra e ilumina a alma.
Depois desta ausência, tinha saudades dos seus textos. Felizmente, hoje em tons de azul, a minha cor preferida.

Agradeço as suas visitas e comentários enquanto estive fora.

Grande abraço.

myra disse...

sim, sim, sim, muito sol, e muito ceu azul e mar azul, lindo, lindo adoro-te!
beijos

Everson Russo disse...

Tudo azul...abraço do vento,,,carinhos e caricias do tempo....vontade de se jogar e voar nesse infinito...se perdeer em cada onda misteriosa desse mar...grande beijo de bom dia pra ti querida...

Maria Dias disse...

Sei bem como é, quando o sol aparece assim derrepente!Brilha os olhos,a pele e o sorriso...é sempre assim, um dia chove e no outro faz sol...Bom estas surpresas q a vida faz!

linda foto...

Beijos!

Maria

Geraldo de Barros disse...

permaneça assim: azul :)

beijos

Dauri Batisti disse...

Sol, mar e céu claro, um vento bom, pronto. Então veio o bem-te-vi do alívio azulando tudo. Estes momentos compõem eternidades.

Ilaine disse...

Este azul que pintas aqui, me deixou muito feliz também. Vamos bordar a vida e formar lindas malhas de alegria. Beijo, Paula, e um bom domingo.