sexta-feira, 6 de maio de 2011





Bordo a minha alma
Com linhas coloridas e laváveis
Só para os pensamento não pesarem tanto
E se renovarem

15 comentários:

Samaryna disse...

Querida Paula, você, mesmo num texto curto, consegue dar densidade aos seus pensamentos, comunica tão intensamente com pouca palavras. Fiquei preocupado com o seu "sumiço" devidos as chuvas por aí. Deixo o meu afeto e lhe desejo um excelente fim de semana regado com muita música e dança.

Sonhadora disse...

Minha querida

Um mundo de sentires nestas palavras que dizem tanto.

Beijinho com carinho
Sonhadora

myra disse...

curto mas rico de sentimentos...beijos minha querida Paula

C@urosa disse...

Olá querida Paula Barros, com linhas leves e plenas de sensibilidade...muito lindo, amiga.

Eu não tenho filosofia: tenho sentidos...
Se falo na Natureza não é porque saiba o que ela é.
Mas porque a amo, e amo-a por isso,
Porque quem ama nunca sabe o que ama
Nem por que ama, nem o que é amar...
Alberto Caeiro

forte abraço

C@urosa

mfc disse...

Que força terna neste sentir...!

Mari Amorim disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mari Amorim disse...

Feliz daquele que tem o equilíbrio,para bordar a alma com linhas laváveis ,reflexivo,Paula!
Obrigada pelo comentário,na dupla postagem,o tema embora complexo, torna-se necessário,8 milhões de abandonados...A sociedade,deve posicionar-se,defendo o pensamento: tudo passa pela educação.
Um belo dia,ao lado de todos que ama!
Boas energias,Saúde,Paz,Harmonia!
Mari
Ps:O comentário acima foi apagado,por frase incompleta.(desculpe-me)

Evanir disse...

Querida amiga..
esta tudo bem contigo??
Eu estou sentindo falta de você minha amiga.
beijos e beijos,Evanir
www.aviagem1.blogspot.com

Tatiana disse...

Tento fazer o mesmo com a minha alma... Mas as vezes tudo saí ao contrário e a vida parece do avesso...rsrs

Obrigada por suas palavras sempre tão atenciosas!

Que seus dias sejam sempre especiais...Como o seu coração!

Um abraço carinhoso

Vivian disse...

...Paulinha minha linda
andarilha e agora tbm
bordadeira..rsrs,


"Uma garotinha, perguntada
onde era sua casa, respondeu:
(onde minha mãe está).

Keith L. Brooks

Parabéns à todas as mamães
já realizadas, e também
àquelas que um dia serão!

Muahhhhh

Elcio Tuiribepi disse...

Oi Paula

Explicando a postagem anterior:

A música “O velho Francisco” nasceu de um sonho tido pelo próprio Chico
Buarque com uma preta velha que contava uma história num fundo
de cozinha e pedia com a voz cava e arrastada: "Fecha a porta!
Fecha a porta!". A preta velha foi apenas fonte da sua inspiração.

Bom...quanto ao poemeto...sempre bom renovar os pensamentos...m muitos momentos da vida as situações nos levam a esse entendimento...
Gostei da expressão "bordar a alma"

Feliz Dia das Mães ao lado dos seus, beijo na mãe, na filha...e em todas as mães que porventura encontrar

Um abraço na alma mãe

beijo

Everson Russo disse...

Um feliz dia das mães pra voce minha querida amiga,,,muito amor,,,paz e carinho e muitas bençãos de Deus em sua vida,,,beijos e beijos de boa semana..

Francisco disse...

E como é importante cuidarmos e dar amor à nossa alma, não é mesmo?
Poucas pessoas sabem fazer isso. Você é uma delas.
Beijão.

Everson Russo disse...

E precisamos sempre renovar pensamentos,,,sonhos,,,caminhos,,,um super beijo de boa semana pra ti.

epee disse...

Perfeito! A solução. E a injeção... de ânimo e coragem. Contra indicação aos que não sabem o que fazer com as palavras e com os pensamentos... quando o silêncio é apenas uma voz, íntima... e perdida, algures, numa linha qualquer, sem verbo, sem pronome... sem oração que a salve de seu inferno, ou de seu destino.

¬