domingo, 19 de junho de 2011



Sei lá, está ficando tudo tão sem graça. Chego em casa o dia está amanhecendo, e chove. Procuro sua pele entre os toques dos meus dedos, o seu cheiro na ponta do meu nariz, o sabor dos seus lábios nos meus,e não encontro.

Sei lá, está ficando tudo tão sem graça. As palavras já não encontram eco. Os meus pensamentos se dissolvem feito algodão doce no vento. O meu coração está frio e sem pulsação.

Sei lá, está ficando tudo tão sem graça. Já não lhe encontro nas ilusões. As fantasias estão perdendo o brilho das lantejoulas. Os sonhos estão com recheio sem gosto. A vida está feito um dia amanhecendo com chuva.

12 comentários:

myra disse...

oh!là minha querida Paula, nao fique assim...amnaha é outro dia, mas logico que te entendo, e estou com voce e perto de voce! animo, querida e tantos fortes abraços e beijo com muito carinho!

Franzé Oliveira disse...

Se perdeu em cisco e polem, cadáveres e verdades e ilusões.


Bjos.

Evanir disse...

Já estou a 6 meses na minha Viagem.
Só tenho a agradecer o carinho recebido
e não foi pouco não.
Espero em Deus permanecer
viajando muito tempo dando
e recebendo carinho e amor.
Obrigada a você por viajar junto comigo.
Um feliz Domingo deixando para você
carinho e beijos meus,Evanir.

Everson Russo disse...

Essa percepção de vida,,,sensações de vazio muitas vezes noa acontecem,,,ficamos ali quietinhos, parados esperando passar pra podermos voltar a sonhar,,,e desejar como antes....grande beijo de linda semana pra ti.

mfc disse...

Amanhã vai estar sol... ouvi ainda há pouco o Boletim Meteorológico!
beijinhos.

Tatiana Moreira disse...

É... Ás vezes a vida parece ficar sem sentido. Parece nos faltar algo ou alguém.
Mas logo nasce um dia de sol e tudo volta a colorir!
Beijos com o meu carinho

Memória de Elefante disse...

Paula!

Todas as nossas atitudes são determinantes, também as mais escondidas.Já percebeste que a fome é o que impulsiona o sonho?
O que interessa o cerne, o caroço,o áspero, o pesado material de construção de vida,corta a nossa pele, lasca a nossa alma, dobra nossos joelhos.Fome de sentir-se bem na pele pensante...

Um beijo

EDER RIBEIRO disse...

Após as chuvas há sempre a esperança do sol, qdo ele surgir haverá de ter luz, então ilumina-se. Bjos.

Vivian disse...

...até num amanhecer chuvoso
podemos encontar poesia.

basta nos percebermos VIVOS!

bj, linda!

Pena disse...

Preciosa e Fabulosa Amiga:
Um sentir que é seu.
Os seus pensamentos e sentimentos são sublimes e mágicos, como pode dizer que a vida está sem graça ou sem encantamento?
É preciosa e valiosa, amiga maravilhosa, entende?
É perfeita e o seu ser extraordinário e mágico.
Vá. A vida é tão bela.
Beijinhos amigos.
Com respeito pelo que concebe de forma fantástica.
Sempre a admirar o seu talento bem visível no que faz e faz com encanto e ternura gigantescas.

pena

Bem-Haja, pela amizade de que me orgulho.
Linda.

Maria Dias disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Maria Dias disse...

Sonhos bons sao maravilhosos, mas, experimente dançar na chuva fina, num fim de tarde, descalça e liberta do brilho das lantejoulas(já q vc tem os raios de sol q sempre estarão lá) vc verá a graça de voltar a ser livre das ilusão... Pode voltar a fazer planos reais e clarear os pensamentos.

Ótima semana

Beijo

Maria