domingo, 28 de agosto de 2011



Ando me questionando como nascem os sonhos? E a força para realizá-los? E o poder que temos de nos boicotar na realização dos sonhos? De onde vem esta voz que diz que eu posso sonhar, e que eu mereço e devo realizar? E por que às vezes desisto de um sonho? Quanto mais realizo sonhos mais me apodero de mim, e mais acho que posso realizar os meus sonhos.

Enquanto escrevo o bem-te-vi cantou, o céu está bem azul, e eu estou feliz comigo mesma, feliz por não ter ouvido a voz que me boicota quando quero realizar sonhos. Vou realizar meu sonho? Ainda não sei. Estou fazendo a minha parte.


foto: Rio de Janeiro - 2009
texto: 28.08.11 14h03

8 comentários:

Sonhadora disse...

Minha querida

Sonhar faz parte da vida...mas o importante é conseguir realizar, não deixes passar o momento, que pode não voltar mais.
Deixo um beijinho com carinho
Sonhadora

Tatiana Moreira disse...

Ei Paula...
Precisamos mesmo ter coragem e força para ousar ir em busca do que nasce forte em nosso intimo.Se o sonho despertou em nós algo bom... Por que boicota-lo?
Um abraço com o meu carinho

mfc disse...

Continua a sonhar... não pares!

A. disse...

O pior do sonho é a esfera invisível que o sonho cria e na qual o sonho se vai mantendo aprisionado!... Sonhando com a possibilidade da REALIDADE se expandir nesse pequeno espaço, onde tudo que não se conseguiu numa Vida, possa concretizar-se noutra, essa, a dos sonhos!... Alguns, sonhadores momentânea e temporariamente desesperados, chamam de ESPERANÇA a desejos possíveis!... Os sonhadores que entraram em colisão com a realidade e que, portanto, deixaram de a sentir como tal, deixaram-se apanhar na rotação do imaginário, dos sonhos… das janelas de sonho em casas de sonho com vista para o interior do próprio sonho!... Não recuso a tentação da imagem dessas janelas serem substituídas por umbigos que, também eles, podem ser de sonho em barrigas de sonho que os corpos de sonho fecham dentro de si, porque uma mente de sonho assim o deseja e sonha, para si mesma!... Seja como for, quando a REALIDADE se revela em toda a sua verdade, o que pode ter a fugaz duração de uma epifania pouco cristã, essa visão crua pode bem ser um castigo em todo o esplendor de um pesadelo em aparição!... Toda esta esfera, rodando sobre si mesma, é uma matéria flutuante a gravitar no frágil interior de uma bolha na órbita de um sonho!...
Como um naufrago que se agarra, desesperadamente, aos cabelos da água!... E sonha que sonha… por momentos!...




Abraço

EDER RIBEIRO disse...

O sonho é o combustível para que não nos esmorecemos com a vida diária. Eles nascem dessa necessidade. Bjos.

Maria disse...

Tenho para mim que no dia em que não sonhar deixei de viver...
Sei que me entendes, Paula.

Um beijo.

Paulo Francisco disse...

O sonho alimenta a esperança.
Um beijo grande

myra disse...

tenho certeza que vai realizar teus sonhos!!!! é somente continuar a sonhar, e vai ver como um dia, voce dà de frente com este sonho!!!!
beijosssssssssssss