sábado, 27 de agosto de 2011

Sonhar, sonhar, sonhar....






Ir deitar sonhando. Acordar sonhando. Olhar pela janela e observar o dia nublado, mas dentro de mim só o sonho importa. E neste sonhar colocar o disco de Antonio Zambujo, e pensar nos sonhos. Me Imaginar realizando os sonhos. E complementar sonhos com sonhos. E passar o dia sonhando. Só sonhar por vezes dá um prazer enorme. A energia boa. O dormir sonhando. O acordar sentindo sonhos circulando nas veias.




9 comentários:

myra disse...

sim, minha querida Paula, sonhar, sonhar, sonhar...um dia os sonhos se realizam!!!
beijosssssssssss

Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Sonhar faz parte da vida.
Uma vida sem sonhos não seria perfeita ou seria perfeita a vida que não tivesse sonhos?...

Este fado tem uma letra maravilhosa. Não conhecia na voz do A. Zambujo.

Bj e bom fim de semana!

Eurico disse...

Um abraço carinhoso, amiga andarilha e sonhadora.
Muita paz!

mariangela disse...

O sonho nos transporta, nos faz viver! Sonhe sempre! E esta música é muito bela!
Abraços!

C@urosa disse...

Amiga Paula Barros, que belo texto poético!E os sonhos sempre presentes.Acompanhado de bela e sensível canção.

forte abraço
c@urosa

Diego disse...

Ah, os sonhos...

Fernando Santos (Chana) disse...

Sonhos nunca morrem.
Adormecem por não sabermos sonhar.
(André Leonardo Arruda)

Cumprimentos

EDER RIBEIRO disse...

Os sonhos é que fazem com que não plantamos os pés no chão querida andarilha. Bjos e uma ótima semana.

Maria disse...

Como dizia um poeta
'Pelo sonho é que vamos'
e outro
'o sonho comanda a vida'
Quando perdermos os sonhos perdemos a capacidade de nos sentirmos vivos.

Beijo, Paula.