sexta-feira, 21 de outubro de 2011




Ainda vou conhecer um Iphone. E quem sabe um dia usarei um. Hoje tinha uma senhora com um I... alguma coisa junto de mim, perguntei como usar. Sou do tempo de brincar com giz no chão. Desenhando sóis para a chuva parar de cair. Desenhando academia, hoje chamada de amarelinha, para pular com os irmãos. Ou corações com flecha pensando no paquera. Quantos Is...serão lançados, para um dia eu me dar conta que já passou a época do Iphone?

Ontem, no trabalho, olhava um colega todo sorridente, sem os dentes da frente. Lembrei que estou no ano de 2011. Que século é mesmo? E meus colegas não tem dentes, nem dentadura. Sim, colegas, no plural. Mais de um desdentado. Alguns não são alfabetizados. Outros leem e escrevem precariamente, não conseguem preencher uma ficha, não compreendem o que está escrito. A maioria não sabe usar computador. Outros não conseguem retirar dinheiro no caixa eletrônico. Mas estão endevidados, empréstimos e mais empréstimos. Sem dentes, sem alfabetização, sem dinheiro.  Muitos estão se aposentando. Continuam sorrindo, sem dentes, sobrevivendo sem as tecnologias dos Is... Morreu Jobs, mas eles, e eu também, não sabíamos de tamanha importância para a área da tecnologia e consequentemente para outras áreas. Morre colegas quase todos dias. Esta semana um soube que vai amputar a perna. Vivo cercada de outros ais. Grito da realidade real e cruel.
 
Lembro do meu tempo de criança, onde desenhar com giz e carvão no chão, e com o dedo na areia faziam parte dos meus dias. Desenhando mundos. Descobrindo mundos.




Comecei a comentar no blog de Diego  e trouxe para o blog.

10 comentários:

EDER RIBEIRO disse...

Paulinha, já estamos na geração dos Tablets. Se eu lhe disser que com 4 anos o meu filho usar o computador para jogar vc acreditaria? E pensar que os carrinhos eu q fazia com a madeira do buriti. O Brasil é muito desigual, infelizmente.

Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

A pura realidade dos nossos dias vista pelos teus olhos e muito bem!
Gostei!
Bj e bom fim de semana!

mfc disse...

Eu também tenho saudade dos tempos do giz e das brincadeiras em que os inventores eramos nós próprios!

Maria disse...

Do tempo da nossa meninice até agora o tempo voou. Será que vai continuar voando assim? Ou ainda mais depressa?
Nunca o saberei...

Beijo, Paula.

ELANE, Mulher de fases! disse...

Paulinha, meu celular tem uns trem aqui, nem uso,kkk, mas fuço o q gosto, mas tb sou do tempo do carvão na calçada p desenhar amarelinha, tb vivo cercada de tantos ais tb, q se fôssemos descrever as perdas, as desigualdades, nem precisaríamos sair de nosso bairro...
nosso país, o dos desdentados q sorriem sempre, mesmo estando na pior...falta dinheiro, mas ainda sobra amor...bjooo!!sua mãe é demais né?me emocionei com o post dela!

myra disse...

sabe, eu uso o computer mas sou incapaz de usar um celular...logico eu nasci com o radio...:)
mas o tempo passa, e as crianças hoje em dia ja tem computer na frente dos olhos e celualr aos 5 anos...serà bom? quem sabe, espero que sim..
gosto mto, vc ja sabe, de tudo e como escreve, beijossssss

Elcio Tuiribepi disse...

Oi Paula...
Obrigado pelo comentário lá...irmãos são presentes ou não...depende da relação...rs...já brigamos muito quando adolescentes, mas foi bom....hoje temos muito que rir com nossas histórias. Quanto ao seu texto,
não é que só agora fui ter um celular....mas olha, Caetano Veloso até hoje não tem...e aí? Tá vivo...rsrs....sou resistente, confesso....talvez seja a dificuldade...kkk
Tenho uma amiga assim...sem dentes...mas super inteligente, antenada...e comilona...kkkk
Um abraço fraterno na alma..bom fim de semana
Bjo

Anônimo disse...

Querida gostei muito da sua postagem....lembrei da minha infância feliz...com todas essas brincadeiras.....quanto aos dentes as vezes é melhor não tê-los assim ...não mordem ninguem kkkkkkkkkkkkk bjs.

O Sibarita disse...

ô dona moça é isso ai, ficar ligadinha nas novas tecnólogias para que o tempo não passe por nós, dizendo assim: esse (a) parou no tempo. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Excecelente texto.

Porreta esse objeto de desejo!

O Sibarita

Diego disse...

sempre fui avesso à tecnologia, mas, de fato, iPhone é uma coisa sensacional. obrigado pela indicação!