segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Sem juízo



série: Emoção com título
Esta série foi criada a partir dos nomes de músicas.Não sei colocar títulos no que escrevo.
(Títulos retirados do youtube, se tiverem errados podem me avisar)



Quando lhe conheci perdi o juízo. Fiz coisas que nunca fiz. Perdi a razão. Fiquei só emoção. Emoção em carne viva. Você despertou uma outra pessoa dentro de mim. Uma pessoa adormecida. Meu mundo aflorou. Invadi teu mundo. Te assustei. Emoção e admiração em excesso assustam. Perdi o juízo enquanto tentava me achar. Percorria a memória. Achava traços de mim, feito quando se tem a casa desmoronada numa enxurrada. Entre lágrimas achava o meu passado. Em preto e branco. Desbotado. Colorido. As lágrimas lavavam minhas mágoas, meus ressentimentos, minhas tristezas. Quando você surgiu na minha vida abriu-se um clarão, e assim brotou de mim eu mesma. Lhe agradecia por isso. Sei que diretamente, intencionalmente, você não fez nada. Eu fiz. Mas mesmo assim lhe agradeci várias vezes por ter aturado os meus descompassos. Se fiquei sem juízo e lhe incomodei, hoje com a razão equilibrada num fio de alta tensão descoberto, lhe agradeço a enxurrada de emoção.




Esta série será dividida com o outro blog.

9 comentários:

EDER RIBEIRO disse...

Geralmente, qdo perdemos o juizo, o que encontramos é uma pessoa diferente, e muitas vezes, por causa disso, vivemos um dilema existencial.´bjos.

Everson Russo disse...

Por amor a gente perde juizo, razão, o caminho, os sentidos,,ficamos embriagados de coração e alma...e sendo assim, os versos saem com mais sentimentos...beijos de bom dia pra ti.

Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Bonita série ou parte dela, claro esta...
E por vezes na vida é bom que percamos um pouco de juízo, não podemos levar a vida tão a sério!!!

Bjs

Sirlara Wandenkolk disse...

Paula,
bacana, eu juro que me identifico com o caso :) rsrs
Linda a escrita ^^

_
http://e-raumavez.blogspot.com

mfc disse...

Só temos que agradecer as emoções que nos proporcionam!

Anônimo disse...

Querida eu como de vez enquanto perco o juízo...entendi muito bem sua postagem...Como é bom ficar sem juízo!!!!!!!kkkkkkkkkkk....bjs Suzi

Felippe disse...

nossa... assim como a Sirlara, me senti dentro do texto menina...

Assustador!!!

que dilema...

myra disse...

é a melhor coisa, ficar sem juizo! ter sempre juizo, deve ser muito chato:)
mais beijos

O Sibarita disse...

Essa Fia é na realidade um quebra cabeça! kkkkkkkk

Muito bacana!

O Sibarita