quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012



Fez bonito com o azul...a palavra azul, o azul do céu, o azul do encontro do mar com o céu, o azul que se avista no horizonte, o azul do sonho, o azul das asas, o azul da imaginação, o azul do devaneio, o azul da imensidão, o azul do mistério, o azul da lembrança, o azul que toca os corações....Fez bonito com o azul, muito bonito.


Tem azul para tudo, até para a admiração!


E poesia é assim....surge, lindamente surge...loucura? Devaneio? Inspiração? Inquietação? Para quê sobriedade na poesia? A vida é muito séria. Poesia é lançar-se lá na linha do horizonte, no encontro do mar com o céu...e tentar se equilibrar na linha tênue que liga a água e o ar.

19 comentários:

Pelos caminhos da vida. disse...

Linda inspiração Paula.

beijooo.

brisonmattos disse...

e o azul na sua mão fica muitas vezes mais bonito...porque é o azul que vem de dentro.Achei o texto belíssimo.

Paula Barros disse...

brisonmattos, se você tem blog não consigo acessar.
Obrigada pelos comentários.

EDER RIBEIRO disse...

Um texto bem elaborado, poesia é isso mesmo. Bjos.

Mariangela disse...

É linda a poesia que vem de dentro
da alma!
Muito lindo o seu texto e a paisagem!
Você foi a primeira que postou um comentário no início do meu blog, o qual deixou-me muito feliz!
Obrigada,
Mariangela

Maria disse...

O amor também é azul...
Gosto da expressão 'fez bonito com o azul'. Azul é o teu olhar e o meu, quando olha a imensidão do mar.
Azul é a amizade e a ternura, azul é a cor das mãos que se dão. Azul é a cor do planeta que habitamos. É vida!

E podia continuar por aqui, infinitamente em azul...

Beijo, Paula.

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Poesia é tudo isso sim, Paula. Algo mesmo divino. Beijos.

Felippe disse...

Que o azul tome conta da sua vida menina!!!

Que poesias nunca faltem para aumentar as suas expectativas

Abraço!!

myra disse...

toda tua vida sea sempre azul...voce tem alem do mais um aura azul!!!!
beijos minha querida Paula

Everson Russo disse...

Azul, que nessa tonalidade de poesia é esperança de infinito,,,de sonhos jogados na vida...de desejos,,,de versos de amor,,,a mais pura beleza da mistura dos azuis....beijos de bom dia pra ti querida amiga.

labergamo disse...

Querida Paula,adorei tuas fotos frases poemas tua maneira de escrever. Eu tambem tenho a escrita como forma de me expressar, pois o Parkinson compromete o ato mecanico da fala; por sorte nosso amigo Tossan entende meus sons e devaneios. Abraços

Benno disse...

Adoro o azul, não que eu não goste de outras cores, mas ele também está no verde. O azul vive em meus olhos, como poderia não gostar? Gosto de pintar meus escritos de azul, mas quando canso dele pinto de outra cor. Beijos

mfc disse...

A identificação do bem estar e do prazer com uma cor...
Que ideia fantástica e linda!

Armindo C. Alves disse...

O azul é a cor consensual, a que nos enche a alma. Respiramos e almejamos azul. É a cor dos nossos sonhos.

- como gosto do "azul" dos teus olhos castanhos.....
- gosto do vermelho quando se torna azul.....

Gosto também da sua prosa, paleta de mil cores, onde a liberdade de tons não tem limites.

Beijinho.


(Obrigado pela companhia, mesmo na minha ausência.)

Olhos de mel disse...

Oie Paulinha; nenhuma loucura, mas um devaneio maravilhoso! O céu e o mar nos transporta para uma linha imaginária, onde encontramos o amor.
Beijos

Dauri Batisti disse...

Azul, pois é, vc vai azulejando o blog com poesia.

Sonhadora disse...

Minha querida

As mãos do poeta tocam muitas vezes o azul dos céus...e as palavras vagueiam vestidas de mar.
Como sempre adorei e deixo o meu beijinho e o meu carinho.

Sonhadora

O Sibarita disse...

O Azul nos dá a certeza que tudo está bem, vai bem...

O Azul é leveza, azul é minha cor preferida.

Azul

Olho o mar,
ora verde, ora azul, mil ondas...
Espumas e conchas se tocam
se encontram, convergem.
Parecem violetas brancas
em fundos azuis!
Da cor do olhar,
imagens perfeitas
reluzindo do céu...
Um louco indo e vindo,
movimentos e paisagens
harmonia e caminhos...
Assumo-me em anil
cor e brilho
lua e estrelas!
Azul! Texturas de mistérios
aurora e crepúsculo, delírios...
Perco-me nos búzios,
desnudo de corpo inteiro
neste mar tão azul!

Musa,
Não importa o sentido da razão
te ligo a mim, te ligo as galáxias
te ligo ao infinito, te ligo a vida.
Respiro o azul mar
e exalo a energia do equilíbrio,
estou em ti!

O Sibarita

Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Por vezes, a poesia surge do nada e quando menos esperamos!
adoro o azul!

Bj